Modernização e complexidade do circuito superior nas economias urbanas de Londrina e Maringá-PR

Autores

  • Edilson Luis Oliveira Universidade Estadual de Londrina
  • Tânia Maria Fresca Universidade Estadual de Londrina

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2014.90065

Palavras-chave:

Modernizações, Economia urbana, Região, Circuito superior de Londrina, Circuito superior de Maringá.

Resumo

O circuito superior da economia urbana das cidades de Londrina e Maringá tem características regionais que ajudam a explicar sua forte centralidade e a polariza- ção que elas exercem em todo o norte do Paraná. Essas características regionais resultam da formação social dessas cidades, pautada pela presença da pequena produção mercantil e por ondas sucessivas de modernização que incidiram no norte do Paraná, modificando as formas de integração dessa região na divisão territorial do trabalho brasileira ao longo da segunda metade do século XX e no início do XXI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edilson Luis Oliveira, Universidade Estadual de Londrina

Professor Dr. Geografia Humana

Depto de Geociencias - CCE - UEL

Professor Adjunto

Geografia Urbana e Geografia Econômica

Tânia Maria Fresca, Universidade Estadual de Londrina

Professora Dra. Geografia Humana

Depto de Geociencias - CCE - UEL

Professora Associada

Geografia Urbana e Geografia Econômica

Referências

ALBUQUERQUE, V. B. P. Especulação e valorização imobiliária na Palhano em Londrina: rítmicas pelo espaço e tempo da produção condominial. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.

BEIDACK, A. R. S. Análise da produção do espaço urbano de Londrina: de cincão à zona norte: 1970-2007. Dissertação (Mestrado em Geografia, Meio Ambiente e Desenvolvimento) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2009.

BERNARDES, L. M. C. Crescimento da população do estado do Paraná. In: FRESCA, T. M.; CARVALHO, M. S. Geografia e norte do Paraná: um resgate histórico. Londrina: Humanidades, 2007. v. 2.

CAMPOS, M. C. A Embrapa/soja em Londrina-PR: a pesquisa agrícola de um país moderno. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2010.

CARVALHO, M. S. A pequena produção de café no Paraná. Tese (Doutorado em Geografia Humana) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1991.

CASARIL, C. C.; FRESCA, T. M. Verticalização em Londrina-PR (1970-2000): a acelerada construção de edifícios altos. In: SIMPÓSIO PARANAENSE DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA, 1., 2006, Maringá. Anais... Simpósio Paranaense de Pós-graduação em Geografia, 2006. v. 1. p. 93-104.

ENDLICH, A. M. Maringá e a rede urbana regional: resgate histórico geográfico. Boletim de Geografia, Maringá: DGE/Universidade Estadual de Maringá, v. 1, p. 1-21, 1999.

FRESCA, T. M. As dimensões espaciais de Londrina – PR. Relatório Final de Atividades Pós-Doutorais. Rio de Janeiro: UFRJ, 2011. Inédito.

______. A rede urbana do norte do Paraná. Londrina: Eduel, 2004.

GINI, S. Repensando a construção da hegemonia empresarial nos 10 anos que mudaram Maringá – 1994 a 2004. Maringá: Acim, 2008.

GOTTMANN, J. A dinâmica das grandes cidades. Boletim Geográfico, Rio de Janeiro, v. 34, n. 255, p. 5-14, out./dez., 1976.

GRASSIOTTO, M. L. F. Espaços comerciais: a arquitetura em dois shopping centers de Londrina. Dissertação (Mestrado em Estruturas Ambientais Urbanas) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

IAPAR. Instituto Agronômico do Paraná, 2011. Sobre o Iapar. Disponível em: . Acesso em: 12 mar. 2011.

KOMARCHESQUI, B. M.; BONI, P. C. No ar a ZYD-4 Rádio Londrina: o progresso do setentrião paranaense nas ondas do rádio. Unopar Científica, Ciências Humanas e Educação, Londrina, v. 10, n. 1, p. 11-17, jun. 2009.

LEITE, C. H. F. Do meio à mediação: o papel do jornal Paraná-Norte na sociedade londrinense – 1934 a 1953. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA, 6., 2013, Maringá. Anais... Congresso Internacional de História, 2013. v. 1. p. 1-11.

LINARDI, M. C. N. Pioneirismo e modernidade: a urbanização de Londrina-PR. Tese (Doutorado em Geografia Humana) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1995.

LUZ, F. O fenômeno urbano numa zona pioneira: Maringá. Maringá: Prefeitura Municipal de Maringá, 1997.

MENDES, C. M. Um pouco da cultura do concreto: algumas experiências sobre a verticalização urbana. In: DIAS, R. B.; GONÇALVES, J. H. R. (Orgs.). Maringá e o norte do Paraná: estudos da história regional. Maringá: Eduem, 1999. p. 389-405.

MONTENEGRO, M. R. Globalização, trabalho e pobreza no Brasil metropolitano: o circuito inferior da economia urbana em São Paulo, Brasília, Fortaleza e Belém. Tese (Doutorado em Geografia Humana) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

MORO, D. A. Maringá espaço e tempo: ensaio da geografia urbana. Programa de Pós-graduação em Geografia – Universidade Estadual de Maringá: Maringá, 2003.

OCEPAR. A reorganização do cooperativismo do Paraná. Revista Paraná Cooperativo, n. 23, p. 10-29, jul./ago. 2006. Disponível em: <http://www.ocepar.org.br/ocepar/servlet/PublicacaoMostrar01?ServletState=1&IM=20.18.00>. Acesso em: 8 jun. 2012.

OLIVEIRA, E. L. Divisão do trabalho e circuitos da economia urbana. Londrina: Eduel, 2011.

POSTALI-SANTANA, V. B. Rigidez normativa e circuito inferior em Maringá-PR: territórios, atividades e atores. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2013.

SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. 4. ed. São Paulo: Edusp, 2004.

______. Os circuitos espaciais da produção. In: SANTOS, M.; SOUZA, M. A. A. (Orgs.). A construção do espaço. São Paulo: Nobel, 1986.

______. O espaço dividido: os dois circuitos da economia urbana dos países subdesenvolvidos. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1979.

SILVEIRA, M. L. Finanças, consumo e circuitos da economia urbana na cidade de São Paulo. Caderno CRH, Salvador: Centro de Recursos Humanos da UFBA, v. 22, n. 55, p. 65-76, 2009.

______. Globalización y circuitos de la economía urbana en ciudades brasileñas. Cuadernos del Cendes, Caracas, v. 3, n. 57, p. 1-21, 2004.

SOUZA, A. M. et. al. A evolução histórica do cooperativismo. Maringá Management: Revista de Ciências Empresariais, Maringá, v. 4, n. 1, p. 35-42, jan./jun. 2007.

TOZI, F. Rigidez normativa e flexibilidade tropical: investigando os objetos técnicos no período da globalização. Tese (Geografia Humana) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

VELHO, A. P. M. A história do rádio em Maringá. Disponível em: . Acesso em: 21 ago. 2012.

Downloads

Publicado

2014-12-12

Como Citar

OLIVEIRA, E. L.; FRESCA, T. M. Modernização e complexidade do circuito superior nas economias urbanas de Londrina e Maringá-PR. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 18, n. 3, p. 496-511, 2014. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2014.90065. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/90065. Acesso em: 27 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos