Eventos esportivos: do Big Brother ao Brecht Brother

Autores

  • Hugo Rodolfo Lovisolo Universidade do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2011.139107

Palavras-chave:

Espetáculo esportivo. Comunicação. Capital social. Confiança.

Resumo

Neste ensaio, o autor aproveita a oportunidade dos megaeventos que serão realizados no Brasil para relacionar os espetáculos esportivos à crítica paralelada democracia e da falta de participação com atividade e criatividade enquanto temas centrais do desenvolvimento sustentável e inclusivo, do capital social e da confiança e geração de arranjos produtivos e sociais. No cruzamento de corpos teóricos de histórias específicas, de críticas e propostas, o autor sugere que o campo dos megaeventos poderia se constituir em objeto tanto de análise do capital social e da confiança quanto de sua geração. Sugere também que as áreas da comunicação social e da educação física poderiam desempenhar um papel relevante no campo da geração do conhecimento tanto sobre os problemas em pauta, quanto sobre práticas institucionais, esportivas e comunicativas, contribuindo para a ampliação do capital social e da confiança.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hugo Rodolfo Lovisolo, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doutor e mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pós-doutorado em Ciências dos Esportes pela Universidade do Porto (Portugal). Graduado em Sociologia pela Universidad de Buenos Aires. Professor adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e do Mestrado em Desenvolvimento Social do Centro Universitário Augusto Motta (Unisuam).

Downloads

Publicado

2011-12-26