Relações públicas no cinema

o uso de filmes e séries como recursos didáticos

Autores

  • Daniel Reis Silva Universidade Federal de Minas Gerais
  • Marcio Simeone Henriques Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.17.167009

Palavras-chave:

Ensino, Didática, Relações públicas críticas

Resumo

O artigo reflete sobre o projeto “Relações públicas no cinema”, que visa construir experiências didáticas orientadas para a reflexão crítica de temáticas contemporâneas de relações públicas e comunicação organizacional a partir de obras cinematográficas e televisivas. O texto aborda três aspectos: (a) os benefícios atrelados ao uso de tais objetos para o ensino dessas áreas; (b) características específicas de filmes e séries sobre relações públicas; e (c) as especificidades do projeto e sua ênfase em estratégias colaborativas de aprendizado ativo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Reis Silva, Universidade Federal de Minas Gerais

  • Doutor e mestre em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Professor adjunto do Departamento de Comunicação Social da UFMG
  • Integrante do corpo docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFMG
  • Ganhador do Prêmio Capes de Teses 2018, do Grande Prêmio UFMG de Teses 2018 e do Prêmio Abrapcorp nas categorias Tese (2018) e Dissertação (2014)
  • E-mail: daniel.rs@hotmail.com.br

Marcio Simeone Henriques, Universidade Federal de Minas Gerais

  • Pós-doutor pela Universidade Nova de Lisboa, Portugal
  • Doutor em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Professor Associado do Departamento de Comunicação Social da UFMG
  • Integrante do corpo docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFMG
  • Líder do grupo de pesquisa Comunicação, mobilização social e opinião pública – Mobiliza, da UFMG
  • E-mail: simeone@ufmg.br

Referências

AMES, Carol. PR goes to the movies: the image of public relations improves from 1996 to 2008. Public Relations Review, v. 36, n. 2, p. 164-170, 2010.

BERNADET, Jean-Claude. O que é cinema. São Paulo, SP: Livraria Brasiliense Editora. 1980.

CHAMPOUX, Joseph E. Film as a teaching resource. Journal of Management Inquiry, v.8, n.2, p. 206-217, 1990.

CHRISTOFOLETTI, Rogério. Filmes na sala de aula: recurso didático, abordagem pedagógica ou recreação? Educação UFSM, v. 34, n. 3, p. 603-616, 2009.

COELHO, Roseana M. de Figueiredo; VIANA, Marger da Conceição V. A utilização de filmes em sala de aula: um breve estudo no Instituto de Ciências Exatas e Biológicas da UFOP. Revista da Educação Matemática, Ufop, v. 1, p. 89-97, 2011.

DUARTE, Rosália. Cinema & Educação. Belo Horizonte, MG: Autêntica Editora, 2009.

GUILHEM, Dirce; DINIZ, Debora; ZICKER, Fabio. Pelas lentes do cinema: bioética e ética em pesquisa. Brasília, DF: Letras Livres e Editora UnB, 2007.

HENRIQUES, Márcio Simeone; SILVA, Daniel Reis. Relações públicas em jogo: a simulação como recurso didático. Organicom – Revista Brasileira de Comunicação Organizacional e Relações Públicas, v. 14, n. 26, p. 313-323,.2017

HUCZYNSKI, Andrzej; BUCHANAN, David. Theory from fiction: a narrative process perspective on the pedagogical use of feature film. Journal of Management Education, v. 28, n. 6, p.707-726, 2004.

MILLER, Karen S. Public relations in film and fiction: 1930 to 1995. Journal of Public Relations Research, v. 11, n. 1, p. 3-28, 1999.

NAPOLITANO, Marcos. Como usar o cinema na sala de aula. São Paulo, SP: Contexto, 2003.

OLIVEIRA, Ingrid, À vontade com status de “viciados”, jovens de hoje assistem cada vez mais séries. IG, 08 jun. 2018. Disponível em: <https://gente.ig.com.br/cultura/2018-06-08/jovem-vicio-por-series.html>. Acesso em: 21 fev. 2020.

SABIN, Sam. Most young adults have an appetite for binge-watching shows. Morning Consult, 06 nov. 2018. Disponível em: <https://morningconsult.com/2018/11/06/most-young-adults-have-an-appetite-for-binge-watching-shows/>. Acesso em: 21 fev. 2020.

SETTON, Maria da Graça Jacintho. Cinema: instrumento re�lexivo e pedagógico. In: SETTON, Maria da Graça Jacintho (org.). A cultura da mídia na escola: ensaios sobre cinema e educação. São Paulo, SP: Annablume, 2004.

YOON, Youngmin; BLACK, Heather. Learning about public relations from television: how is the profession portrayed? Communication Science, v. 28, p. 85-106,.2011.

Downloads

Publicado

2020-06-10

Como Citar

SILVA, D. R.; HENRIQUES, M. S. Relações públicas no cinema: o uso de filmes e séries como recursos didáticos. Organicom, [S. l.], v. 17, n. 32, 2020. DOI: 10.11606/issn.2238-2593.organicom.17.167009. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/organicom/article/view/167009. Acesso em: 5 out. 2022.