Os estudos brasileiros e os 'brazilianists'

Autores

  • José Honório Rodrigues Academia Brasileira de Letras e da Universidade Federal Fluminense.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.1976.105687

Palavras-chave:

Estudos brasileiros, brasilianistas, América Latina

Resumo

(primeiro parágrafo do artigo)

Quando, em 1943-1944, estive nos Estados Unidos, estudando e pesquisando, conheci muitas bibliotecas públicas e universitárias, e o grande Arquivo Nacional dos Estados Unidos. Nas Universidades já se ofereciam cursos de estudos latino-americanos, centralizados sobretudo no estudo da língua espanhola, portuguesa em menor escala, estenografía em espanhol, e raras propunham o ensino da literatura comparativa, antropologia, economia, geografia, política e história latino-americana, sempre em conjunto; raríssimas, como a Columbia, ofereciam aulas de história social e econômica do Brasil, e tambem do México e da América Central, e ainda da Argentina, Uruguai e Paraguai. Havia pouca especialização por paises e áreas, e se via predominantemente a América Latina como um bloco uno e uniforme.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-04-10

Como Citar

RODRIGUES, J. H. Os estudos brasileiros e os ’brazilianists’. Revista de História, [S. l.], v. 54, n. 107, p. 189-219, 2023. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.rh.1976.105687. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/105687. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Historiografia