O homem da frente de expansão: permanência, mudança e conflito

Autores

  • Francisca Isabel Vieira Keller

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.1975.132957

Palavras-chave:

expansão, Homem, ideologia

Resumo

As frentes de expansão (1) foram objeto do interesse de estudiosos

de diversos campos: historiadores, geógrafos (2), políticos, economistas

e, mais recentemente, sociólogos e antropólogos. E a figura

do homem da frente de expansão, o pioneiro, o homem da fronteira

nos Estados Unidos, o bandeirante no caso brasileiro, é uma categoria

que faz parte do repertório nacional e se tem prestado a manipulações

as mais variadas.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

1975-06-24

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

KELLER, Francisca Isabel Vieira. O homem da frente de expansão: permanência, mudança e conflito. Revista de História, São Paulo, v. 51, n. 102, p. 665–709, 1975. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.rh.1975.132957. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/132957.. Acesso em: 17 abr. 2024.