Glória e caos no futuro da cidade de São Paulo: Imprensa, política e intelectualidade em meados do século XX

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.2022.174865

Palavras-chave:

Cidade de São Paulo, Representações do futuro, História dos intelectuais, História da imprensa, História das cidades

Resumo

A partir da análise da imprensa, de projetos urbanísticos e de textos de intelectuais, este artigo discute algumas transformações nas representações do futuro da cidade de São Paulo nas décadas de 1950 e 1960. Na primeira metade do século XX, o crescimento urbano foi hegemonicamente representado nos jornais, no mundo intelectual e entre os urbanistas como um elemento positivo para o progresso e modernização de São Paulo. Contudo, depois que a metrópole se tornou a cidade mais importante do Brasil, as expectativas sobre seu destino se alteraram. Uma série de problemas ganhou espaço nessas representações, figurando lado a lado com as esperanças de uma cidade melhor. O futuro de São Paulo se tornava assim esgarçado entre perspectivas redentoras e apocalípticas, cada qual ancorada em pontos específicos do espaço social e cultivadas por setores distintos das elites locais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Zorek, Universidade Nova de Lisboa

Doutor em História pela Unicamp (2019). Bolsista de Pós-doutorado FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia no Instituto de História Contemporânea, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Lisboa, Portugal.

Referências

Fontes

ANHAIA MELLO, Luiz de. O Plano Regional de São Paulo. Uma Contribuição da Universidade para o estudo do “Um Codigo de Ocupação Licita do Solo”. Monografia/Palestra – FAU, USP. São Paulo, 1954. (8 de novembro de 1954 – Dia Mundial do Urbanismo.)

AZEVEDO, Aroldo (org.). A cidade de São Paulo: Estudos de geografia urbana. São Paulo: Cia. Editora Nacional, 1958 (vol. 1, 2, 3 e 4).

FERNANDES, Florestan. Caracteres rurais e urbanos na formação e desenvolvimento da cidade de São Paulo [1954]. In: FERNANDES, Florestan. Mudanças sociais no Brasil. São Paulo: Global, 2008.

FERNANDES, Florestan. O homem e a cidade-metrópole [1959]. In: FERNANDES, Florestan. Mudanças sociais no Brasil. São Paulo: Global, 2008.

Folha da Manhã. 25/01/1953; 24/01/1954.

Folha da Noite. 11/12/1945; 25/01/1934; 25/01/1939; 25/01/1954.

Folha de S. Paulo. 25/01/1964; 25/01/1969.

Manchete. Número Especial, 1954.

MOSES, Robert. Programa de Melhoramentos Públicos para a cidade de São Paulo. Nova York: International Basic Economic Corporation; IBEC Technical Services Corporation, 1950.

O Cruzeiro. 23/01/1954.

O Estado de S. Paulo. 24/11/1893; 10/01/1905; 30/12/1911; 25/01/1914; 01/10/1937; 15/01/1954; 25/01/1954; 16/02/1955.

PRESTES MAIA, Francisco. Estudo de um plano de avenidas para a cidade de São Paulo. São Paulo: Companhia Melhoramentos de São Paulo, 1930.

PRESTES MAIA, Francisco. Os melhoramentos de São Paulo. São Paulo: Prefeitura Municipal de São Paulo, 1945.

Referências Bibliográficas

ARRUDA, Maria Arminda do Nascimento. Metrópole e cultura: São Paulo no meio do século XX. Bauru, São Paulo: Edusc, 2001.

BOURDIEU, Pierre. Razões práticas: Sobre a teoria da ação. Campinas: Papirus, 1996.

BRESCIANI, Maria Stella. Estudo da trajetória profissional do engenheiro-arquiteto Luiz I. R. de Anhaia Mello. In: SALGADO, Ivone; BERTONI, Angelo (orgs.). Da construção do território ao planejamento das cidades: Competências técnicas e saberes profissionais na Europa e nas Américas (1850-1930). São Carlos: RiMa, 2010.

BRESCIANI, Maria Stella. As múltiplas linguagens do urbanismo em Luiz de Anhaia Mello: técnica, estética e política. In: FARIA, Rodrigo; CERASOLI, Josianne; LIRA, Flaviana (orgs.). Urbanistas e urbanismo no Brasil: Entre trajetórias e biografias. São Paulo: Alameda, 2014.

BRESCIANI, Maria Stella; SCHICCHI, Maria Cristina. Luiz de Anhaia Mello: ensino, política e presença pública. In: Risco. São Paulo, v. 14, n. 1, 2016.

CAMPOS, Candido Malta. Os rumos da cidade: Urbanismo e modernização em São Paulo. São Paulo: Senac, 2002.

CARPINTÉRO, Mariza Varanda Teixeira. Em busca da imagem: a cidade e seu figurino (São Paulo 1935-1954). Tese (Doutorado em História) – IFCH, Unicamp: Campinas, 1998.

CATANI, Afrânio. A revista de cultura Anhembi (1950-62): Um projeto elitista para elevar o nível cultural do Brasil. Maringá: Eduem, 2009.

CPDOC [ABREU, Alzira (dir.)]. Dicionário Histórico-Biográfico Brasileiro – Pós-1930. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2001.

ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1990-1993. v. 1-2.

FELDMAN, Sarah. Planejamento e zoneamento. São Paulo: 1947-1972. São Paulo: Fapesp e Edusp, 2005.

FICHER, Sylvia. Os arquitetos da Poli: Ensino e profissão em São Paulo. São Paulo: Fapesp e Edusp, 2005.

GARCIA, Sylvia. Destino ímpar: Sobre a formação de Florestan Fernandes. São Paulo: USP, Curso de Pós-graduação em Sociologia; Editora 34, 2002.

GORELIK, Adrián. Historia de la ciudad e historia intelectual. In: Prismas. Revista de historia intelectual. Buenos Aires, n. 3, 1999.

HARTOG, François. O tempo desorientado: Tempo e história: ‘Como escrever a história da França?’. In: Anos 90. Porto Alegre, nº 5, v. 7, 1997.

HOBSBAWM, Eric. Era dos extremos: O breve século XX: 1914-1991. São Paulo: Cia. das Letras, 1995.

JACKSON, Luiz Carlos. A sociologia paulista nas revistas especializadas (1940-1965). In: Tempo Social – USP. São Paulo, v. 16, n. 1, junho de 2004.

JACKSON, Luiz Carlos. Gerações pioneiras na sociologia paulista (1934-1969). In: Tempo Social – USP. São Paulo, v. 19, n. 1, junho de 2007.

KOSELLECK, Reinhart. Futuro passado: Contribuição à semântica dos tempos históricos. Rio de Janeiro: Contraponto; Ed. PUC-Rio, 2006.

LEME, Maria Cristina. Urbanismo: a formação de um conhecimento e de uma atuação profissional. In: BRESCIANI, Maria Stella (org.). Palavras da cidade. Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 2001.

LEME, Maria Cristina. A presença norte-americana e a transformação de São Paulo no pós-guerra. In: LANNA, Ana Lúcia; PEIXOTO, Fernanda; LIRA, José Tavares; SAMPAIO, Maria Ruth (orgs.). São Paulo, os estrangeiros e a construção das cidades. São Paulo: Alameda, 2011.

LIMONGI, Fernando. Marxismo, Nacionalismo e Cultura: Caio Prado Jr. e a Revista Brasiliense. In: Revista Brasileira de Ciências Sociais. São Paulo, v. 2, n. 5, outubro de 1987.

LIMONGI, Fernando.”A Escola Livre de Sociologia e Política em São Paulo. In: MICELI, Sergio (org.). História das Ciências Sociais no Brasil. São Paulo: Ed. Sumaré, 2001. vol. I.

MARQUES, Luiz. Capitalismo e colapso ambiental. Campinas: Ed. da Unicamp, 2015.

MEYER, Regina Maria Prosperi. Metrópole e urbanismo: São Paulo anos 50. Tese (Doutorado em Arquitetura – FAU, USP: São Paulo, 1991.

MICELI, Sergio (org.). História das Ciências Sociais no Brasil. São Paulo: Ed. Sumaré, 2001. vol. I.

MICELI, Sergio. Vanguardas em retrocesso: Ensaios de história social e intelectual do modernismo latino-americano. São Paulo: Cia das Letras, 2012.

QUEIROZ, Suely. Política e poder público na Cidade de São Paulo: 1889­1954. In: PORTA, Paula (org.). História da cidade de São Paulo. São Paulo: Paz e Terra, 2004. v. III.

ROMERO, José. América Latina: As cidades e as idéias. Rio de Janeiro: Ed. da UFRJ, 2009.

SANTOS, Milton. A urbanização brasileira. São Paulo: Edusp, 2009.

SOMEKH, Nádia; CAMPOS, Candido (orgs.). A cidade que não pode parar. Planos urbanísticos de São Paulo no século XX. São Paulo: Editora Mackenzie; Mackpesquisa, 2008.

TURIN, Rodrigo. Presentismo, neoliberalismo e os fins da história. In: AVILA, Arthur Lima de; NICOLAZZI, Fernando; TURIN, Rodrigo. (Org.). A História (in)disciplinada: teoria, ensino e difusão do conhecimento histórico. Vitória: Milfontes, 2019.

WALDMAN, Thaís. Entre batismos e degolas: (des)caminhos bandeirantes em São Paulo. Tese (Doutorado em Antropologia) – USP. São Paulo, 2018.

ZOREK, Bruno. Um futuro alternativo para São Paulo: Anhaia Mello e a tese da limitação do crescimento da metrópole. In: Cadernos de História. Belo Horizonte: PUC-MG, v. 18, 2017.

ZOREK, Bruno. O futuro de São Paulo na década de 1950. Tese (Doutorado em História) – IFCH, Unicamp. Campinas, 2019.

Esquema Teórico para São Paulo no Plano de Avenidas (PRESTES MAIA, 1930)

Downloads

Publicado

2022-01-05

Como Citar

ZOREK, B. Glória e caos no futuro da cidade de São Paulo: Imprensa, política e intelectualidade em meados do século XX. Revista de História, [S. l.], n. 181, p. 1-32, 2022. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.rh.2022.174865. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/174865. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Dados de financiamento