Soldados da política: embates partidários e relações institucionais no contexto da questão militar (década de 1880)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.2023.195687

Palavras-chave:

Império do Brasil, questão militar, relações entre civis e militares, partidos políticos, organização institucional do Estado

Resumo

Este artigo tem como tema as relações entre civis e militares na década final do Império do Brasil, especificamente a chamada “questão militar”, geralmente compreendida como um ponto de inflexão que teria esgarçado decisivamente tais relações. A questão é abordada, na historiografia, ou bem como fundamentalmente corporativa, ou como um ominoso sinal da incompatibilidade entre os oficiais imbuídos de aspirações modernizadoras e a elite política da monarquia arcaica e escravista, antagonismo que começara a se aprofundar durante a Guerra do Paraguai. Contudo, explorando as fontes primárias – em especial, a documentação institucional, imprensa e correspondência –, pretende-se argumentar que a questão militar só pode ser compreendida tendo em vista o complexo edifício institucional e a dinâmica da disputa partidária no Império, que esteve em seu âmago.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Filipe Nicoletti Ribeiro, Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros

    Pesquisador de pós-doutorado no Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo – IEB/ USP, São Paulo, São Paulo, Brasil. Professor do Ensino Fundamental e Médio na rede estadual de São Paulo.

Referências

Fontes

Documentação institucional

BRASIL. Colecção das Leis do Imperio do Brasil, décadas de 1870 e 1880. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/legislacao/colecao-anual-de-leis

BRASIL. Annaes do Parlamento Brasileiro. Camara dos Srs. Deputados, 1884-1887. Disponível em: https://bd.camara.leg.br/bd/handle/bdcamara/2

BRASIL. Annaes do Parlamento Brasileiro. Senado, 1882-1887. Disponível em: https://www. senado.leg.br/publicacoes/anais/asp/IP_AnaisImperio_digitalizados.asp

Documentação manuscrita

Arquivo do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro

FONSECA, Deodoro da. Telegrama ao barão de Cotegipe, 19 de maio de 1886. Col. Cotegipe, DL 893.60.

FONSECA, Deodoro da. Ofício ao visconde da Gávea, 3 de setembro de 1886. Col. Cotegipe, DL 893.62.

FONSECA, Deodoro da. Telegrama (reservado) ao barão de Cotegipe, 3 de outubro de 1886. Col. Cotegipe, DL 893.63.

COTEGIPE, Barão de. Telegrama a Deodoro da Fonseca, 3 de outubro de 1886. Col. Cotegipe, DL 893.63.

FONSECA, Deodoro da. Telegrama ao barão de Cotegipe, 4 de outubro de 1886. Col. Cotegipe, DL 893.63.

FONSECA, Deodoro da. Carta ao barão de Cotegipe, novembro de 1886. Col. Cotegipe, DL 893.67.

Imprensa

Hemeroteca Digital / Biblioteca Nacional

A Federação

Gazeta da Tarde

Gazeta de Noticias

Jornal do Commercio

O Paiz

O Soldado

Revista do Exercito Brasileiro

The Rio News

Tribuna Militar

Publicadas

JAVARI, Barão de. Organizações e programas ministeriais: regime parlamentar no Império. 3ª ed. Brasília: Departamento de Documentação e Divulgação, 1979.

OURO PRETO, Visconde de et al. Década Republicana. 2ª ed. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1986, 2 v.

Referências bibliográficas

ALONSO, Angela. Flores, votos e balas: o movimento abolicionista brasileiro (1868-1888). São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

CARVALHO, José Murilo de. Forças Armadas e política no Brasil. 2ª ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006.

CASTRO, Celso. Os militares e a República: um estudo sobre cultura e ação política. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1995.

CONRAD, Robert. Os últimos anos da escravatura no Brasil: 1850-1888. 2ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

COSTA, Emília Viotti da. Da Monarquia à República: momentos decisivos. 3ª ed. São Paulo: Brasiliense, 1985.

COSTA, Wilma Peres. A espada de Dâmocles: o Exército, a Guerra do Paraguai e a crise do Império. São Paulo: Editora Hucitec/Editora da Unicamp, 1996.

DANTAS, Monica Duarte. Epílogo. Homens livres pobres e libertos e o aprendizado da política no Império. In: DANTAS, Monica Duarte (org.). Revoltas, motins, revoluções: homens livres pobres e libertos no Brasil do século XIX. São Paulo: Alameda, 2011.

DOLHNIKOFF, Miriam. O pacto imperial: origens do federalismo no Brasil. São Paulo: Globo, 2005.

DUDLEY, William S. Institutional Sources of Officer Discontent in the Brazilian Army, 1870-1889. The Hispanic American Historical Review, v. 55, n. 1, fev. 1975, p. 44-65. Disponível em: <https://www.jstor.org/stable/2512736>. Acesso em: 17 fev. 2022. Doi: https://doi.org/10.2307/2512736.

DUDLEY, William S. Professionalization and Politicization as Motivational Factors in the Brazilian Army Coup of 15 November 1889. Journal of Latin American Studies, [S. l.], v. 8, n. I, mai. 1976, p. 101-125. Disponível em: <https://www.jstor.org/stable/156206>. Acesso em: 17 fev. 2022.

FERRAZ, Sérgio Eduardo. O Império revisitado. Instabilidade ministerial, Câmara dos Deputados e Poder Moderador (1840-1889). Tese de doutorado, Ciência Política, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 2012. Disponível em: <https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8131/tde-20122012-122802/pt-br.php>. Acesso em: 17 fev. 2022. Doi: 10.11606/T.8.2012.tde-20122012-122802.

FRANCO, Gilmara Yoshihara. A ordem republicana em Mato Grosso: disputas de poder e rotinização das práticas políticas, 1889-1917. Tese de doutorado, História, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Estadual Paulista, 2014. Disponível em: <https://repositorio.unesp.br/handle/11449/126317?show=full>. Acesso em: 17 fev. 2022.

GRAHAM, Sandra Lauderdale. O Motim do Vintém e a cultura política do Rio de Janeiro, 1880. In: DANTAS, Monica Duarte (org.). Revoltas, motins, revoluções: homens livres pobres e libertos no Brasil do século XIX. São Paulo: Alameda, 2011, p. 485-510.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. História Geral da Civilização Brasileira. T. 2: O Brasil Monárquico. V. 5: Do Império à República. 2ª ed. São Paulo: DIFEL, 1977.

LEMOS, Renato. A alternativa republicana e o fim da monarquia. In: GRINBERG, Keila; SALLES, Ricardo (org.). O Brasil Imperial, volume III: 1870-1889. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009, p. 401-441.

LYNCH, Christian Edward Cyril. Necessidade, contingência e contrafactualidade. A queda do Império reconsiderada. Topoi, Rio de Janeiro, v. 19, n. 38, mai.-ago. 2018, p. 190-216. ISSN 2237-101X. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/topoi/a/qGr6x8GDhLCd8KM7vLmfnGs/?lang=pt>. Acesso em: 17 fev. 2022. Doi: https://doi.org/10.1590/2237-101X01903808.

MAGALHÃES JÚNIOR, Raimundo. Deodoro: a espada contra o Império. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1957, 2. v.

McCANN, Frank D. Soldados da pátria: história do Exército Brasileiro, 1889-1937. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

RIBEIRO, Filipe Nicoletti. Império das incertezas: política e partidos nas décadas finais da monarquia brasileira. Dissertação de mestrado, História Social, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 2015. Disponível em: . Acesso em: 17 jul. 2022. Doi: 10.11606/D.8.2015.tde-11122015-142218.

ROSSATO, Monica. Relações de poder na região fronteiriça platina: família, trajetória e atuação política de Gaspar Silveira Martins. Dissertação de mestrado, História, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Federal de Santa Maria, 2014. Disponível em: <https://repositorio.ufsm.br/handle/1/9651>. Acesso em: 17 fev. 2022.

SCHULZ, John. O Exército na política: origens da intervenção militar. São Paulo: Edusp, 1994.

SOARES, Rodrigo Goyena. A politização do regresso ao Império dos veteranos da Guerra do Paraguai. Saeculum – Revista de História [38]; João Pessoa, jan./jun. 2018, p. 147-171. ISSN 2317-6725. Disponível em: <https://periodicos.ufpb.br/index.php/srh/article/view/33866>. Acesso em: 17 fev. 2022. Doi: https://doi.org/10.22478/ufpb. Doi: https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6725.2018v38n38.33866.

SOARES, Rodrigo Goyena. Os militares e os usos políticos do abolicionismo. Anos 90, Porto Alegre, v. 27, 2020. ISSN 1983-201X. Disponível em: <https://seer.ufrgs.br/anos90/article/view/85495>. Acesso em: 17 fev. 2022. Doi: https://doi.org/10.22456/1983-201X.85495.

Downloads

Publicado

2023-12-01

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

RIBEIRO, Filipe Nicoletti. Soldados da política: embates partidários e relações institucionais no contexto da questão militar (década de 1880). Revista de História, São Paulo, n. 182, p. 1–32, 2023. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.rh.2023.195687. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/195687.. Acesso em: 26 maio. 2024.