“La sangre de los mártires es la semilla de cristianos nuevos”: a consagração póstuma de missionários jesuítas (Província Jesuítica do Paraguai - século XVII)

Autores

  • Eliane Cristina Deckmann Fleck Universidade Vale do Rio dos Sinos

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.v0i168p351-381

Palavras-chave:

Jesuítas, martírio, necrológios, boa morte, consagração póstuma

Resumo

A enfática reafirmação da inabalável fé dos jesuítas no cumprimento de sua missão é padrão narrativo recorrente nas cartas ânuas que tinham, dentre seus objetivos, o enaltecimento da própria Companhia de Jesus e de sua obra evangelizadora. O destaque dado às atuações exemplares de alguns missionários “como as que encontramos descritas nos necrológios inseridos nas ânuas e nas biografias produzidas em tempos variados” parece apontar para a reiteração da conduta virtuosa definida por Inácio de Loyola, tanto para os membros da ordem dos jesuítas quanto para aqueles que buscavam a garantia da salvação da alma. Nosso propósito neste artigo é o de analisar os relatos produzidos sobre “atos heróicos de virtude” de missionários, presentes tanto nas narrativas epistolares quanto em suas biografias, destacando a função pedagógica desempenhada pela consagração póstuma para a Companhia de Jesus.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Fontes

Cartas ânuas de la Provincia Jesuitica del Paraguay, C. A. 1647-1649. Traducción do pe. Carlos Leonhardt S. J. Buenos Aires, [1927], 1994.

D. H. A. – Documentos para la Historia Argentina, tomo XIX. Buenos Aires: Talleres Jacobo Peuser S. A., 1927.

MAEDER, Ernesto (org.). Cartas ânuas de la Província del Paraguay (1637-1639). Buenos Aires: Fecic, 1984.

Bibliografia

AGUILAR, Jurandir C. Conquista espiritual: A história da evangelização na Província Guairá na obra de Antônio Ruiz de Montoya, S. I. (1585 – 1652). Roma: Editrice Pontifícia Università Gregoriana, 2002.

BANGERT, William. História da Companhia de Jesus. São Paulo: Editora Loyola, 1985.

BARCELOS, Artur Henrique Franco. O mergulho no seculum: exploração, conquista e organização espacial jesuítica na América espanhola colonial. Tese de doutorado, Programa de Pós-Graduação em História, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), 2006.

BECKER, Ítala I. B. Lideranças indígenas no começo das reduções jesuíticas da Província do Paraguay. São Leopoldo: IAP, 1992.

BERTO, Carla. Milagres constantes e inconstantes: variações no discurso jesuítico (1610-1640). Dissertação de mestrado, Programa de Pós-Graduação em História, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), 2005.

BOUZA, Fernando. Comunicación, conocimiento y memoria en la España de los siglos XVI e XVII. Salamanca: Semyr, 1999.

BURRIEZA SÁNCHEZ, Javier. Los jesuitas: de las postrimerias a la muerte ejemplar. Hispania Sacra, LXI, 124, julio-diciembre 2009, p. 513-544.

CARDOZO, Efraim. Historiografia paraguaya. México: Instituto Panamericano de Geografia e História, 1959.

CASTELNAU-L’ESTOILE, Charlotte de. Operários de uma vinha estéril: Os jesuítas e a conversão dos índios no Brasil (1580-1620). Bauru, São Paulo: Edusc, 2006.

CYMBALISTA, Renato. Sangue, ossos e terras: os mortos e a ocupação do território luso-brasileiro. São Paulo: Editora Alameda, 2011.

DEL VALLE, Ivone. Escribiendo desde las márgenes: colonialismo y jesuítas en el siglo XVIII. México: Siglo XXI, 2009.

EISENBERG, José. As missõesS. jesuíticas e o pensamento político moderno. Belo Horizonte: EdUFMG, 2000.

GASBARRO, Nicola. Missões: a civilização cristã em ação. In: MONTERO, Paula. Deus na aldeia. São Paulo: Globo, 2006, p. 67-109.

FURLONG, Guillermo, S. J. Misiones y sus pueblos de Guaraníes. Buenos Aires: Teorema, 1962.

FURLONG, Guillermo. Antonio Ruiz de Montoya y su carta a Comental (1645). Buenos Aires: Theoría, 1964.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Vértice, 1990.

HERNÁNDEZ S. J., Pablo. Organización social de las doctrinas Guaraníes de la Compañía de Jesús. Barcelona: Gustavo Gili Editores, 1913.

IPARRAGUIRRE, Ignacio. Obras completas de san Ignacio de Loyola. Madri: Biblioteca de Autores Cristianos, 1952.

LEONHARDT, Carlos. Los jesuítas y la medicina en el rio de la Plata. Estudios. Buenos Aires, n. 57, 1937, p. 101-118.

LEONZO, Nanci. O culto aos mortos no século XIX: os necrológios. In: MARTINS, José de Souza (org.). A morte e os mortos na sociedade brasileira. São Paulo: Hucitec, 1983.

LONDOÑO, Fernando T. Escrevendo cartas: jesuítas, escrita e missão no século XVI. Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 22, nº 43, 2002, p. 11-32.

LONDOÑO, Fernando Torres. Contato, guerra e negociação: redução e cristianização de Maynas e Jeberos pelos jesuítas na Amazônia no século XVII. Revista de História Unisinos. São Leopoldo, v. 11, n. 2, maio-agosto de 2007, p. 192-202.

LOYOLA, Inácio de. Constituições da Companhia de Jesus. Lisboa: [s. n.], 1975.

LUZ, Guilherme Amaral. Carne humana: canibalismo e retórica jesuítica na América portuguesa (1549-1587). Uberlândia: EdUFU, 2006.

MAEDER, Ernesto. La “conquista espiritual” de Montoya y su alegato sobre las misiones. Teología: Revista de la Facultad de Teología de la Pontifícia Universidad Católica Argentina, nº 46, 1985, p. 122-136.

MELIÀ, Bartomeu. El guaraní conquistado y reducido: Ensaios de etnohistoria. 2ª ed. Assunção: Ceaduc, 1988.

RABUSKE SJ, Arthur. A carta magna das reduções jesuíticas Guaranis. Estudos Leopoldenses. São Leopoldo, v. 14, nº 47, 1978, p. 21-39.

STORNI, Hugo. Catalogo de los jesuitas de la Provincia del Paraguay (Cuenca del Prata) 1585-1768. Roma: Institutum Historicum S. I., 1980.

TESCHAUER, Carlos. SJ. Vida e obras do preclaro pe. Ruiz de Montoya, S.J. Apóstolo do Guairá e do Tape. Apresentação, transcrição, correção e notas do pe. Arthur Rabuske S.J., Caderno de Pesquisas do IAP- História, nº 19, 1980, p. 230-240.

VARGAS UGARTE, Rubén. Los jesuítas del Peru (1568-1767). Lima, [s. n.], 1941.

VERNANT, Jean-Pierre. A travessia das fronteiras. São Paulo: Edusp, 2009.

VERNANT, Jean-Pierre. Entre mito e política. São Paulo: Edusp, 2001.

VILAR, Socorro de Fátima Pacífico. A invenção de uma escrita: Anchieta, os jesuítas e suas histórias. Porto Alegre: EdiPUCRS, 2006.

X(J)ARQUE, Francisco. Ruiz de Montoya en Indias (1608-1652). Madri: Victoriano Suárez, 1900.

Downloads

Publicado

2013-06-30

Como Citar

FLECK, E. C. D. “La sangre de los mártires es la semilla de cristianos nuevos”: a consagração póstuma de missionários jesuítas (Província Jesuítica do Paraguai - século XVII). Revista de História, [S. l.], n. 168, p. 351-381, 2013. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.v0i168p351-381. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/59416. Acesso em: 1 out. 2022.