Os hotéis nas proximidades das estações ferroviárias da cidade de São Paulo (1900-1917)

Autores

  • Lucilia Siqueira Universidade Federal de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.v0i168p414-442

Palavras-chave:

História urbana, história de São Paulo, história dos hotéis

Resumo

Fazendo uso de processos-crime e jornais, este artigo procura examinar os estabelecimentos de hospedagem da cidade de São Paulo nas imediações das estações ferroviárias dos bairros da Luz e do Brás, nas duas primeiras décadas do século XX. O texto aborda principalmente quem eram os hóspedes desses hotéis e por quais razões aí se hospedavam.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBUY, Heloisa. A cidade-exposição: comércio e cosmopolitismo em São Paulo, 1860-1914. São Paulo: Edusp, 2006.

BELCHIOR, Elysio d’Oliveira e outro. Pioneiros da hotelaria no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Senac, 1987.

BERTOLLI FILHO, Claudio. A gripe espanhola em São Paulo, 1918: epidemia e sociedade. São Paulo: Paz e Terra, 2003.

BOWIE, Karen. Polarisation du territoire et développement urbain: les gares du Nord et de l’Est et la transformation de Paris au XIXe siècle. Une étude sur l’instauration et l’évolution des rapports entre les acteurs des grands aménagements ferroviaires urbains, première étape (1830 - 1870). Disponível em: <http://urbamet.documentation.equipement.gouv.fr/documents/EQUTEX00005329/EQUTEX00005329>. Acesso em 7 de maio de 2012.

CAMPOS, Candido Malta. Os rumos da cidade: urbanismo e modernização em São Paulo. São Paulo: Senac, 2002.

CAMPOS, Eudes. Os primeiros hotéis da cidade de São Paulo – Século XIX: Império e República. Informativo Arquivo Histórico Municipal. São Paulo, ano 4, n. 24, maio/jun. 2009. Disponível em <http://www.arquivohistorico.sp.gov.br>. Acesso em 26 de maio de 2010.

CYRINO, Fábio Rogério Pedro. Café, ferro e argila: a história da implantação e consolidação da empresa The San Paulo (Brazilian) Railway Company Ltd. através da análise de sua arquitetura. Dissertação de mestrado, Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, 2000.

DIAS, Celia Maria de Moraes (org.). Hospitalidade: reflexões e perspectivas. São Paulo: Manole, 2002.

DIAS, Maria Odila Leite da Silva. Quotidiano e poder em São Paulo no século XIX – Ana Gertrudes de Jesus. São Paulo: Brasiliense, 1984.

LANNA, Ana Lúcia Duarte. Ferrovias, cidades, trabalhadores, 1870-1920. Textos para a realização do concurso de livre-docência, Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, 2002.

MACIEL, Arthur Antunes. Memórias de um rato de hotel: vida do dr. Antonio narrada por ele mesmo. 2ª edição. Rio de Janeiro: Dantes, 2000.

MARTINS, Ana Luiza Martins. Revistas em revista: imprensa e práticas culturais em tempos de República, São Paulo (1890-1922). São Paulo: Edusp/Fapesp, 2008.

MAZZOCO, Maria Inês Dias e SOUKEF JUNIOR, Antonio. Cem anos luz. Tradução de Christopher Ainsbury, São Paulo: Dialeto Latin American Documentary, 2000.

OLIVEIRA, Maria Luiza Ferreira de. Entre a casa e o armazém: relações sociais e experiências da urbanização: São Paulo, 1850-1900. São Paulo: Alameda, 2005.

PADILHA, Marcia. A cidade como espetáculo: publicidade e vida urbana na São Paulo dos anos 20. São Paulo: Annablume, 2001.

PAIVA, Odair da Cruz. Territórios da migração na cidade de São Paulo: afirmação, negação e ocultamentos. Rivista dell’Istituto di Storia dell’Europa Mediterranea. Torino, n. 6, Giugno 2011, p. 687-704.

PEREIRA, Viviane e outros. Memórias da hotelaria santista. São Paulo: Páginas e Letras, 1997.

PINTO, Maria Inez Machado Borges. Cotidiano e sobrevivência: a vida do trabalhador pobre na cidade de São Paulo (1890-1914). São Paulo: Edusp/Fapesp, 1994.

PIRES, Raquel d’Alessandro. Hotéis da cidade de São Paulo: história e trajetória (1889-1971). Dissertação de mestrado, Turismo Ambiental e Cultural, Planejamento e Gestão, Centro Universitário Ibero-Americano, São Paulo, 2001.

RAGO, Margareth. Os prazeres da noite: prostituição e códigos da sexualidade feminina em São Paulo (1890-1930). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.

SANDOVAL-STRAUSZ, Andrew. Hotel: an American history. New Haven: Yale University Press, 2007.

SANT’ANNA, Denise Bernuzzi de. Cidade das águas: usos de rios, córregos, bicas e chafarizes em São Paulo (1822-1901). São Paulo: Senac, 2007.

SANTOS, Carlos José Ferreira dos. Nem tudo era italiano: São Paulo e pobreza (1890-1915). São Paulo: Annablume/Fapesp, 2008.

SEVCENKO, Nicolau. Orfeu extático na metrópole: São Paulo, sociedade e cultura nos frementes anos 20. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

SOUKEF JUNIOR, Antonio. A preservação dos conjuntos ferroviários da São Paulo Railway em Santos e Jundiaí. Relatório de pós-doutorado, Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, 2010.

Downloads

Publicado

2013-06-30