Editorial

  • José Geraldo Vinci de Moraes Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Editorial, Revista de História 171

Resumo

(primeiro parágrafo do texto)

Neste volume 171 da Revista de História o leitor poderá aproveitar os artigos de duas maneiras distintas: pela leitura individual de cada um deles, como é usual, mas também pode reuni-los em cadeias temáticas bastante atraentes. Os três primeiros textos, por exemplo, concentram-se na questão indígena no Brasil entre os séculos XVII e XIX. O primeiro, escrito pela pesquisadora portuguesa Guida Marques, aborda a conquista e ocupação do sertão baiano na segunda metade do século XVII e seus desdobramentos. Ela discute como as práticas e relações institucionais emanadas da metrópole se relacionam com as dinâmicas locais e seus impactos para as populações indígenas da região. O texto seguinte, de Márcio Couto Henrique e Laura Trindade de Morais, trata das atividades comerciais dos “regatões” nos rios amazônicos durante o século XIX. Naquelas autênticas “estradas líquidas” se realizava um dinâmico comércio ambulante em que os indígenas tinham participação bastante ativa, diferentemente do que a historiografia quase sempre apresentou. Por fim, o terceiro artigo discute a presença e a participação indígena na Guerra dos Farrapos. Segundo o autor, Eduardo Santos Neumann, as populações ameríndias, ao contrário de que se pensava, participaram ativamente dos conflitos, mas haveria um certo silêncio historiográfico sobre o assunto que é colocado em discussão.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-12-18
Seção
Editorial