Assistência social: A política pública (inter)setorial

Autores

  • Thiago Prisco

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2237-1095.v2i1p134-149

Resumo

O estudo em tela apresenta o conceito de intersetorialidade, interpretando-o por meio da abordagem da administração pública e da saúde coletiva, como síntese e articulação, respectivamente. Desta forma, entendendo-a como um movimento de intersecção. Trata-se de um artigo de revisão bibliográfica, no qual são analisadas as definições de intersetorialidade, a relação que este fenômeno estabelece com a política pública de assistência social e apresenta de forma sucinta o Programa Bolsa Família, a título de exemplo do movimento de intersetorialidade entre as políticas públicas e a assistência social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Prisco

Bacharel em Teologia pelo Seminário Batista do Estado de Minas Gerais (SEBEMGE).Bacharel em Serviço Social pelo Centro Universitário UNA.Assistente social na Gestão do Acolhimento Institucional (alta complexidade da Assistêncis Social) na Prefeitura Municipal de Contagem.  

Downloads

Publicado

2012-06-30

Como Citar

Prisco, T. (2012). Assistência social: A política pública (inter)setorial. Revista Gestão & Políticas Públicas, 2(1), 134-149. https://doi.org/10.11606/issn.2237-1095.v2i1p134-149

Edição

Seção

Artigos