Contribuição de diferentes atividades para o processo de aprendizagem na percepção de alunos de medicina

Autores

  • José Fernando de Castro Figueiredo Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Departamento de Clínica Médica
  • Maria de Lourdes Veronese Rodrigues Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Departamento de Oftalmologia e Otorrinolaringologia
  • Ana Raquel Lucato Cianflone Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Centro de Apoio Educacional e Psicológico
  • Maria de Fátima Aveiro Colares Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Centro de Apoio Educacional e Psicológico

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v29i4p383-388

Palavras-chave:

Educação Médica, Educação de Pré-Graduação em Medicina, Estudantes de Medicina, Aprendizagem

Resumo

Com o objetivo de conhecer o grau de contribuição de diferentes atividades para o processo de aprendizagem, na visão dos alunos da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, foi realizado um levantamento entre os estudantes do primeiro ao quarto anos dessa Faculdade, através da análise de item específico de um questionário padronizado, auto-administrado, e sem identificação nominal. A análise dos resultados permitiu verificar que a estratégia de ensino, “Aula Teórica”, foi percebida como de média ou grande importância para o aprendizado, por aproximadamente 75% dos alunos, em todos os anos acadêmicos; no que diz respeito à estratégia “Aula Prática no Ciclo Básico” a percepção de sua importância diminui à medida em que o aluno avança no curso e a grande modificação nesse perfil ocorre na passagem do segundo para o terceiro ano. A estratégia de ensino “Aula Prática no Ciclo Clínico” foi considerada, maciçamente, como de grande importância; em relação às estratégias de  prendizagem, houve aumento na valorização do “Estudo Individual”, a partir do segundo ano, e uma diminuição na importância do “Estudo em Grupo”, a partir do terceiro ano. A opinião dos alunos, segundo o gênero, permitiu verificar pequenas diferenças na percepção quanto ao grau de importância de alguns itens, em diferentes anos acadêmicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1996-12-30

Como Citar

1.
Figueiredo JF de C, Rodrigues M de LV, Cianflone ARL, Colares M de FA. Contribuição de diferentes atividades para o processo de aprendizagem na percepção de alunos de medicina. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de dezembro de 1996 [citado 5 de julho de 2022];29(4):383-8. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/771

Edição

Seção

Simpósio: Ensino Médico de Graduação
Bookmark and Share

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>