Mediações algorítmicas em aplicativos de moda: lógicas publicitárias, funcionalidades e sustentabilidade no contexto brasileiro

Autores

  • Eneus Trindade Universidade de São Paulo
  • Daniel Dubosselard Zimmermann Faculdade Cásper Líbero
  • Karla Meira Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1984-5057.v14i2e205033

Palavras-chave:

Moda, Aplicativos, Mediações, Algoritmos, Consumo sustentável

Resumo

Este trabalho é parte da pesquisa Mediações algorítmicas na cultura de consumo material: funcionalidades e lógicas midiatizadoras em aplicativos de alimentos e moda, e traz o mapeamento e descrição de funções, na perspectiva da instituição de lógicas para o consumo em aplicativos (App) de moda brasileiros (Moda IT, Make You, Enjoei, LOC e Roupa Livre). Identificamos Apps de consumo de moda sobre compra, orientação de vestuário, tendências de consumo, moda sustentável e interações programadas. Metodologicamente descrevemos utilidades, funcionalidades e interações com usuários. Antevimos futuros novos estudos sobre tendências do consumo de moda, enfatizando o que se manifesta como tendência nos Apps estudados para o campo da moda em plataformas digitais, em interface com a sustentabilidade, tema que ainda tem percurso a ser consolidado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eneus Trindade, Universidade de São Paulo

Professor titular da Escola de Comunicações e Artes (ECA), da Universidade de São Paulo (USP). Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (2003) com pós-doutorado em Antropologia Visual pela Universidade Aberta de Portugal (2009). Bolsista PQ2 CNPq e Coordenador do PROCAD/Capes Comunicação e Mediações. Livre-docente em Ciências da Comunicação pela USP (2012), estágio pós-doutoral na condição de professor convidado para a Chair Numeratie Publicitaire au CELSA Sorbonne Universités Paris – FR (1S/2018) Projeto TransNum.

Daniel Dubosselard Zimmermann, Faculdade Cásper Líbero

Professor da graduação da Faculdade Cásper Líbero. Doutor em Ciências da Comunicação na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (2022). Mestre em Comunicação e Mercado pela Faculdade Cásper Líbero (2006). Pesquisador do GESC3 – Grupo de Estudos Semióticos em Comunicação, Cultura e Consumo. Pesquisador do CECORP – Centro de Estudos de Comunicação Organizacional e Relações Públicas.

Karla Meira, Universidade de São Paulo

Doutoranda em Ciências da Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Escola de Comunicações e Artes, da Universidade de São Paulo – PPGCOM ECA/USP. Bolsista nível doutorado (Capes). Mestre em Ciências da Comunicação na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (2021). Pesquisadora do GESC3 – Grupo de Estudos Semióticos em Comunicação, Cultura e Consumo.

Referências

BERLIM, Lilyan. Moda e sustentabilidade: uma reflexão necessária. 2. ed. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2014.

BERTHELOT-GUIET, Karine; MARTI, Caroline; PATRIN-LECRÈRE, Valery. Sémiotique des métamorphoses Marques-Médias. In: BERTHELOT-GUIET, Karine; BOUTAUD, Jean-Jacques (org.). Sémiotique mode d’emploi. Paris: Le Bord L’Eau, 2014. p. 255-291. (Collection Mondes Marchands).

BONSERVIZZI, Anselmo. Abordagem ESG ganha relevância para os negócios. Deloitte Brasil, São Paulo, maio 2021. Disponível em: https://bit.ly/3YEYZQE . Acesso em: 13 dez. 2021.

BRAUDEL, Fernand. Civilização material e capitalismo. Lisboa: Cosmos, 1970.

BREVE, Danilo Gondim; GONZAGA, Liliane Silva; MENDES, Francisca Dantas. Sustentabilidade como uma tendência no mercado da moda. ModaPalavra, Florianópolis, v. 11, n. 22, p. 311-331, 2018.

CALANCA, Daniela. História e teoria social da moda. 2. ed. São Paulo: Senac, 2008.

CASAQUI, Vander; GEBARA, Amanda Cainelli. Por uma teoria da publicização: transformações no processo publicitário. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 34., 2011, Recife. Anais […]. São Paulo: Intercom; Recife: Unicap, 2011.

GIBSON, James Jerome. The Theory of Affordances. In: SHAW, Robert; BRANSFORD, John (ed.). Perceiving, acting, and knowing: toward an ecological psychology. Hillsdale: Lawrence Erlbaum, 1977. p. 67–82.

GOMES, Nelson P.; FRANCISCO, Ana F. Introdução aos estudos de tendências: conceitos e modelos. Lisboa: Trends Research Center, 2013.

HJARVARD, Stig. The mediatization of culture and society. London: Routledge, 2013.

LANDOWSKI, Eric. Interações arriscadas. São Paulo: Estação das Letras e Cores. 2014.

MACHADO, Monica; BORROWES, Patrícia Cecília; RETT, Lucimara. Para ler a publicidade expandida: em favor da literacia midiática para análise dos discursos das marcas. In: ENCONTRO ANUAL DA COMPÓS, 26., 2017, São Paulo. Anais […]. São Paulo: Faculdade Cásper, 2017. Disponível em: https://bit.ly/3G4Wwrk. Acesso em: 1 jul. 2020.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. 2. ed. Rio de Janeiro: UFRJ, 2001.

McCRACKEN, Grant. Cultura e consumo. Novas abordagens ao caráter simbólico dos bens e das atividades de consumo. Rio de Janeiro: Mauad, 2003. (Coleção Cultura e Consumo).

MINTEL. Brasil 17 – tendências de consumo. São Paulo: Mintel, 2017. Disponível em: https://bit.ly/3PJYAIp. Acesso em: 23 nov. 2021.

MINTEL. Brasil 21 – tendências de consumo São Paulo: Mintel, 2021.

MOURA, Mônica; ALMEIDA, Mariana Dias de. A relação entre a sustentabilidade e o design de moda contemporâneo: uma análise sobre o segmento jeanswear. Comunicação e sociedade, Bauru, v. 24, n. 1, p. 221-251, 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.17231/comsoc.24(2013).1786. Acesso em: 14 dez. 2021.

NOVAES, Keise dos Santos; BARRETO FILHO, Eneus Trindade. Mediações algorítmicas na cultura de consumo material: mapeando aplicativos de moda: funcionalidades e lógicas. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, 2020, São Paulo. Anais […]. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2020.

PEREZ, Clotilde. Ecologia publicitária: o crescimento sígnico da publicidade. In: PEREZ, C.; CASTRO, M. L. D.; POMPEU, B.; SANTOS, G. F. C. (org.). Ontologia publicitária: epistemologia, práxis e linguagem. São Paulo: Intercom, 2019. p. 111-124. (Coleção GPs).

PESQUISAS de grandes experts traçam o panorama da moda em 2022. Istoé, São Paulo, 15 jan. 2022. Cultura. Disponível em: https://bit.ly/3HQ7zFY. Acesso em: 20 dez. 2022.

SCHOR, Juliet. After the Gig: how the sharing economy got hijacked and how to win it back. Oakland: University of California Press, 2020.

SRNICEK, Nick. Platform capitalism. Cambridge: Polity, 2016.

TRINDADE, Eneus; PEREZ, Clotilde. Das mediações comunicacionais à mediação comunicacional numérica no consumo: uma tendência de pesquisa In: TRINDADE, Eneus; MALULY, Luciano Victor; PAVAN, Maria Angela; FERNANDES, Mario. (org.). Comunicação e mediações: novas perspectivas. São Paulo: ECA-USP. 2021. p. 85-98. Disponível em: https://bit.ly/3Vtl2ad. Acesso em: 1 jul. 2021.

TRINDADE, Eneus. Algorithms and advertising in consumption mediations: a semio-pragmatic perspective. In: MEISELWITZ, Gabriele (org.). Social computing and social media. Berlin: Springer, 2019. p. 514-526. Disponível em: https://bit.ly/3BPY46a. Acesso em: 1 fev. 2020.

Downloads

Publicado

2022-12-27

Como Citar

TRINDADE, E.; ZIMMERMANN, D. D.; MEIRA, K. Mediações algorítmicas em aplicativos de moda: lógicas publicitárias, funcionalidades e sustentabilidade no contexto brasileiro. Signos do Consumo, [S. l.], v. 14, n. 2, p. e205033, 2022. DOI: 10.11606/issn.1984-5057.v14i2e205033. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/signosdoconsumo/article/view/205033. Acesso em: 1 mar. 2024.