Juventude rural e novas formas de sociabilidade mediadas pelas tics

Autores

  • Ezequiel Redin
  • Paulo Roberto Cardoso da Silveira Universidade Federal de Santa Maria
  • Gisele Martins Guimarães Universidade Estadual do Rio Grande do Sul
  • Vilson Flores dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1984-5057.v5i2p225-244

Palavras-chave:

juventude rural, TICs, sociabilidade, agricultura familiar

Resumo

Com base na experiência de organização dos jovens rurais da Região Centro Serra do Rio Grande do Sul-Brasil, a qual envolve em torno de 9.000 jovens de 12 municípios, este trabalho propõe-se a analisar as mudanças nas formas de sociabilidade vivenciadas em um processo de transformação da vida rural provocado pela universalização do uso das TICs. Neste esforço investigativo, busca-se analisar o impacto nas relações sociais locais e sobre a projeção futura da vida dos jovens no espaço rural. Deste modo, percebem-se as transformações na perspectiva da juventude rural como ator coletivo, as quais redefinem o sentido atribuído ao rural e impactam no processo de construção identitária, propondo uma reflexão sobre as motivações e tensões vivenciadas.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Ezequiel Redin
    Tecnólogo em Agropecuária: Sistemas de Produção (UERGS) CREA RS 160488; Bacharel em Administração (ULBRA); Especialista em Gestão Pública Municipal (UFSM); Mestre e Doutorando em Extensão Rural (UFSM); Editor do Periódico Extensão Rural (Santa Maria). Revisor de 22 periódicos nacionais; Membro da Academia Centro Serra de Letras; Membro da Rede Temática de Diversificação em Áreas Cultivadas com Tabaco, organizada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Tesoureiro da Associação Rio-grandense dos Tecnólogos (ARTECNOL).
  • Paulo Roberto Cardoso da Silveira, Universidade Federal de Santa Maria
    Possui graduação em Zootecnia pela Universidade Federal de Santa Maria (1989), mestrado em Extensão Rural pela Universidade Federal de Santa Maria (1994) e doutorado pelo Programa Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (2010). Atualmente é professor da Universidade Federal de Santa Maria.
  • Gisele Martins Guimarães, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul
    Possui graduação em Zootecnia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Mestre em Extensão Rural pela mesma instituição e Doutora em Desenvolvimento Rural (PGDR), pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. É Professora Adjunta na Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - UERGS, lotada na Unidade em Cachoeira do Sul, onde exerce o cargo de Coordenadora do Curso Superior Tecnológico em Agropecuária Integrada e membro no Conselho Superior da UERGS - CONSUN.
  • Vilson Flores dos Santos
    Licenciado em Estudos Sociais pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Santiago (1982), Graduado em Disciplinas Especializadas do Ensino de 2º Grau - Área Econômica Primária, pela Universidade Federal de Santa Maria (1992) e Mestrado em Extensão Rural pela Universidade Federal de Santa Maria (2004).

Downloads

Publicado

2013-12-19

Como Citar

Juventude rural e novas formas de sociabilidade mediadas pelas tics. Signos do Consumo, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 225–244, 2013. DOI: 10.11606/issn.1984-5057.v5i2p225-244. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/signosdoconsumo/article/view/76390.. Acesso em: 16 abr. 2024.