A IMAGEM SATURADA DE AGORAS

Autores

  • Vera Maquêa Universidade Estadual do Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.11606/va.v0i21.51037

Palavras-chave:

literaturas de língua portuguesa, cinema, poesia, haicai

Resumo

ESTE ARTIGO PROPÕE EXPLORAR A PESQUISA MINIMALI STA NA POESIA DO ANGOLANO ARLINDO BARBEIT OS E NA NA RRATIVA DO BRASILEIRO DALTON TREVISAN . O FOCO NAS VÁRIAS LINGUAGENS CONTEMPORÂNEAS, COMO A ARTE DO CINEMA, DA CRÔNICA E DA FOTOGRAFIA , PERMITE APREENDER A CONSISTÊNCIA DO INSTANTE E SUAS CONFIGURAÇÕES. O EXCESSO E A ESCASSEZ, A BREVIDADE E A INTENSIDADE, O GESTO LIVRE E O RIGOR DA FORMA, QUALIDADES APARENTEMENTE PARADOXAIS, SE UNEM NA RECUPERAÇÃO DE SENTIDOS POÉTICOS E CONDUZEM AO DEBATE ACERCA DA ORIGINALIDADE E DA REPETIÇÃO NA CRIAÇÃO ARTÍSTICA.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

2012-06-20

Como Citar

MAQUÊA, Vera. A IMAGEM SATURADA DE AGORAS. Via Atlântica, São Paulo, v. 13, n. 1, p. 187–197, 2012. DOI: 10.11606/va.v0i21.51037. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/viaatlantica/article/view/51037.. Acesso em: 16 jul. 2024.