Dos quadros de guerra à participação: notas sobre a jornada do refúgio palestino em São Paulo

Autores

  • Helena de Morais Manfrinato Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v25i25p421-436

Palavras-chave:

refúgio, palestinos, ocupação urbana, quadros de guerra

Resumo

Neste trabalho, enfoco a experiência do refúgio de famílias palestinas em uma ocupação urbana em São Paulo, a partir da sua projeção pública após a repercussão da foto do menino Aylan, em uma tentativa malsucedida de chegar à Europa. A comoção pública levou muitos brasileiros até a ocupação, oferecendo diversos tipos de ajuda, movidos por um forte sentimento humanitário. Os enquadramentos daí surgidos modelaram os modos pelos quais os refugiados vêm participando das suas relações no Brasil. Por sua vez, estes agenciam essa visibilidade através de suas próprias pautas políticas, como o Direito de Retorno, contestando a imagem de precariedade vinculada ao refúgio e tecendo coalizões com imigrantes e refugiados de outras nacionalidades. Meu objetivo é analisar alguns agenciamentos do refúgio e como esses(as) palestinos(as) vêm produzindo suas próprias formas de participação nessas relações, através daalimentação e da criação de novos espaços políticos e de moradia. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Helena de Morais Manfrinato, Universidade de São Paulo

Mestra pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de São Paulo (USP). Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), Campus de Araraquara. Membro integrante do Nupre, Núcleo de Estudos de Política, Religião e Espaço Público, na Universidade de São Paulo (USP). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Política e Antropologia da Religião.

Downloads

Publicado

2017-10-02

Como Citar

Manfrinato, H. de M. (2017). Dos quadros de guerra à participação: notas sobre a jornada do refúgio palestino em São Paulo. Cadernos De Campo (São Paulo - 1991), 25(25), 421-436. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v25i25p421-436

Edição

Seção

Especial