Sujeitos, convenções e diferenças em narrativas: Sobre Carla, Bárbara e Renata

Autores

  • Bruno Cesar Barbosa Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v19i19p47-68

Palavras-chave:

Travestis, Transexuais, Diferenças, Gênero, Sexualidade

Resumo

Neste artigo irei discutir, a partir de narrativas de história de vida, os usos de categorias relacionadas a identidades sexuais e de gênero, sobretudo as categorias travesti e transexual, e como se elaboram as diferenças entre estas categorias. Argumento que embora as convenções do discurso médico sejam referências centrais para a definição de corpos, subjetividades e identidades das pessoas pesquisadas, é possível observar uma variedade de reelaborações e deslocamentos de sentidos na construção das trajetórias biográficas que têm relação direta com as situações sociais presentes e os variados contextos de interlocução.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Cesar Barbosa, Universidade de São Paulo

Doutorando em Antropologia Social / USP

Downloads

Publicado

2010-03-30

Como Citar

Barbosa, B. C. (2010). Sujeitos, convenções e diferenças em narrativas: Sobre Carla, Bárbara e Renata. Cadernos De Campo (São Paulo - 1991), 19(19), 47-68. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v19i19p47-68

Edição

Seção

Artigos e Ensaios