Duvidar, Hesitar, Fracassar: anotações sobre ação e suspensão em Nocturno de Chile, de Roberto Bolaño

Autores

  • Henrique Barbosa Primon Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9651.v0i19p910-928

Palavras-chave:

Dúvida, Hesitação, Fracasso, Nocturno de Chile, Roberto Bolaño

Resumo

Este ensaio parte da presença da dúvida na fundação de tradições escritas, apontada em mitos e filosofias ancestrais da civilização ocidental, para então observar sua constância no romance Nocturno de Chile (2000), de Roberto Bolaño, enquanto motivo essencial da vida de seu narrador-personagem, o padre Urrutia/Ibacache. Suas ações e rememorações, movidas pela angústia da incerteza, mostram-se, a todo momento, suspensas e paralisadas pela tensão desestabilizante da insegurança. A dúvida que imanta o personagem irradia em todo o relato e, por si própria, é o núcleo gerador da hesitação e do fracasso, outros aspectos que suspendem a narrativa do padre Urrutia. Este ensaio almeja ainda apontar a hipótese da dúvida como topos relevante da literatura contemporânea, sugerindo uma atenção para seu estatuto de temática fundadora do homem moderno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique Barbosa Primon, Universidade de São Paulo

Henrique Barbosa Primon é professor, tradutor e estudante de Letras da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Referências

Alighieri, Dante. A Divina Comédia. Tradução em prosa de Eugênio Vinci de Moraes. São Paulo: Editora L&PM Pocket, 2016 [1472].

Arendt, Hannah. The Life of the Mind. Orlando: Harcourt Inc., 1978.

Bíblia. A Bíblia de Jerusalém. São Paulo: Editora Paulus, 2002.

Bolaño, Roberto. Nocturno de Chile. Barcelona: Anagrama, 2000.

Flusser, Vilém. Da Dúvida. São Paulo: É Realizações, 2018.

Hosiasson, Laura Janina. La voz del otro y sus proyecciones en Bolaño. Leiden: Koninklijke Brill Nv, 2017. 124-35.

Hutcheon, Linda. A Poetics of Postmodernism: History, Theory, Fiction. New York: Routledge, 1988.

Lima, Luiz Costa. Limites da voz (Montaigne, Schlegel, Kafka). Rio de Janeiro: Topbooks, 2005.

Marías, Julián. História da filosofia. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

Rojo, Grinor. El ridículo espantoso (además de chileno) em Nocturno de Chile. In: Las novelas de la dictadura y postdictadura chilena: Quince ensayos críticos. Volumen II. Santiago de Chile: LOM Ediciones, 2016.

Steiner, George. Grammars of creation. New York: Open Road, 1990.

Tolstoi, Liev. A morte de Ivan Illitch. Trad. Boris Schnaiderman. São Paulo: Editora 34, 2009.

Vila-Matas, Enrique. Suicídios Exemplares. Barcelona: Debolsillo, 2015 [1991]. 62-74.

Downloads

Publicado

2020-06-24

Como Citar

Primon, H. B. (2020). Duvidar, Hesitar, Fracassar: anotações sobre ação e suspensão em Nocturno de Chile, de Roberto Bolaño. Caracol, (19), 910-928. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9651.v0i19p910-928