Notícias

  • Chamada de artigos para o dossiê 30: Lésbicas nas Literaturas de Língua Portuguesa

    2022-04-07

    Por que nos perguntam se existimos? Esta inquietante pergunta é também o título de uma conferência ministrada pela escritora Marina Colasanti, em 1996, na Universidade de Illinois, em um evento sobre literatura de autoria feminina. 

    A inquietante pergunta e a conferência não falam sobre lesbianidades. Nem tampouco falam sobre lesbianidades as outras 11 conferências do referido evento, mas poderiam. A constante pergunta se existe autoria e literatura feminina é sempre complexa. Afirmar com veemência é um risco que se corre diante das fáceis respostas essencialistas, negá-la, porém, é se colocar diante do abismo do neutro universal, de onde emergem apenas as ideias da norma heterossexual, branca, cisgênera, entre outras. Neste caso, como em outros espaços voltados ao feminino na literatura, ainda pairam certos silêncios, estagnados ou reflexivos. 

    Nos convém perguntar, como já o fizera Beatriz Suares Briones, em torno da obra de Monique Wittig: As lésbicas não são mulheres? (2013). Se sim, onde elas estão nos estudos sobre a autoria feminina ou na análise das personagens na literatura? Se não, onde estão as análises literárias que expliquem suas divergências, diferenças e oposições enquanto autoria e representação? 

    Visto que tais perguntas não simplificam, pelo contrário, são multifacetadas e parecem agregar complexidades que se interseccionam, a edição de número 30 da Revista Crioula recebe artigos e ensaios, de autoria de mestrandas/os, mestras/es, doutorandas/os e doutoras/es, que discutam as produções de autoria e/ou com representações lésbica nas Literaturas de Língua Portuguesa.

    Serão aceitos também resenhas, entrevistas e pequenos textos ficcionais em prosa e poemas, desde que estejam de acordo com as normas de publicação da revista.

    Textos que não atendam às normas de submissão serão recusados, por isso recomenda-se a leitura atenta e o atendimento cuidadoso às instruções.

    Prazo para submissão de textos originais: 01/08/2022

    Saiba mais sobre Chamada de artigos para o dossiê 30: Lésbicas nas Literaturas de Língua Portuguesa
  • Chamada de artigos para o dossiê 29: Produções contemporâneas que impactam o cenário literário

    2022-04-01

    Dossiê 29: Produções contemporâneas que impactam o cenário literário

     

    Prazo de submissão prorrogado pra 09/05/2022 

     

    O contemporâneo sempre se renova, se alarga e nos dá pistas de como compreendê-lo. Esta é uma regra corrente também na literatura? O que "Amora", de Natália Borges Polesso, diz sobre o feminino? E que "Torto Arado", de Itamar Vieira Júnior, nos apresenta sobre o Brasil e seu povo na atualidade? O que "Um Corpo Negro", de Lubi Prates, é capaz de revelar sobre a experiência racial nos dias de hoje?

    As produções literárias referidas, publicadas, respectivamente, em 2015, 2018, 2019, foram bem recebidas pelo público e pela crítica. São obras finalistas e ganhadoras de prêmios literários de relevância nacional, amplamente traduzidas ("Um Corpo Negro", por exemplo, está disponível em cinco idiomas) e, no caso de "Torto Arado", adotadas para leitura pelo PNLD Literário. 

    Em vista disso, é importante averiguar quais são as reflexões teórico-críticas desenvolvidas a respeito de obras que têm impactado, na atualidade, ou seja, de 2010 em diante, o cenário literário em Língua Portuguesa. Assim, para a edição de número 29 da Revista Crioula serão recebidos artigos e ensaios, de autoria de mestrandas/os, mestras/es, doutorandas/os e doutoras/es, que discutam questões atinentes à contemporaneidade nas Literaturas em Língua portuguesa. 

    Serão aceitos também resenhas, entrevistas e pequenos textos ficcionais em prosa e poemas, desde que estejam de acordo com as normas de publicação da revista.

    Textos que não atendam às normas de submissão serão recusados, por isso recomenda-se a leitura atenta e o atendimento cuidadoso às instruções. 

    Saiba mais sobre Chamada de artigos para o dossiê 29: Produções contemporâneas que impactam o cenário literário
  • Chamada para composição dos dossiês 27 e 28: Os desafios em face da pandemia e Estudos comparados hoje

    2022-04-01

    Dossiê 27: Os desafios em face da pandemia

    Dossiê 28: Estudos comparados hoje

    Prazo de submissão prorrogado para 09/05/2022 

    A Comissão Organizadora do XX Encontro de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, composta por Luca Fazzini (USP/FAPESP), Paulo Motta (USP), Rejane Vecchia (USP) e Tânia Macêdo (USP), evento anual de participação requerida aos pós-graduandos e às pós-graduandas deste PPG, em sua última edição (24, 25 e 26 de novembro de 2021) convocou os discentes a um desafio: a elaboração de comunicações que relacionassem, de alguma forma, suas pesquisas acadêmicas em curso ao tema Os desafios em face da pandemia.

    A chamada trazia o convite à reflexão acerca dos desafios gerados pela pandemia e seus impactos na vida intelectual. Segundo os organizadores, se a rede mundial de computadores propiciou soluções para os encontros, também inundou os dispositivos com cursos online, podcasts e conversas por aplicativos de reunião. O medo, o cansaço e as desigualdades geradas pela pandemia muitas vezes levaram à paralisia das pesquisas, mas, em sentido contrário, também propiciaram a procura virtual por bibliografia mais recente e em outras línguas que não o português, além do acesso a debates em várias partes do mundo.

    O XX Encontro de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa procurou debater essas questões principalmente no universo da crítica e do estudo comparatista das literaturas e culturas em português. Dessa forma, questões como a discussão da bibliografia oriunda das recentes publicações online, as novas percepções da produção literária em português no contexto mundial e o impacto das novas tecnologias no fazer artístico e na crítica literária foram bem acolhidas como propostas de comunicação pelo Encontro.

    Além disso, pensando na diversidade das pesquisas desenvolvidas pelos discentes do programa, no evento também foram acolhidas comunicações relacionadas aos seguintes eixos temáticos:

    • O século XXI e a literatura dos outros séculos: efemérides e memórias
    • Literatura, cultura e política
    • Escrita e novas mídias
    • A escrita de si em tempo de isolamento
    • Literatura e outras artes
    • Literatura para crianças e jovens
    • Literatura, educação e ensino

    Os Dossiês de número 27 e 28 da Revista Crioula receberão contribuições inéditas de artigos ou ensaios decorrentes das apresentações de discentes no evento. Para organizar os trabalhos levando em consideração os diferentes eixos temáticos abordados no evento, textos que se relacionem de alguma maneira ao tema Os desafios em face da pandemia serão publicados no número 27 e textos que se voltem às outras temáticas serão reunidos sob o volume 28, Estudos comparados hoje.

    Serão aceitos também resenhas, entrevistas e pequenos textos ficcionais em prosa e poemas, desde que estejam de acordo com as normas de publicação da revista.

    Textos que não atendam às normas de submissão serão recusados, por isso recomenda-se a leitura atenta e o atendimento cuidadoso às instruções.

     

    Saiba mais sobre Chamada para composição dos dossiês 27 e 28: Os desafios em face da pandemia e Estudos comparados hoje