Portal da USP Portal da USP Portal da USP

“A confissão da leoa”, de Mia Couto, entre mitos e ritos

Anderson Frasão

Resumo


Este trabalho faz uma análise do romance “A confissão da leoa”, de Mia Couto, tendo como fio condutor os princípios literário, em observação a personagem, e extraliterário, ao privilegiar aspectos socioculturais moçambicanos, na perspectiva de demonstrar a utilização dos mitos e ritos na construção da narrativa e problematização de normas e condutas daquela sociedade.

Palavras-chave


A confissão da leoa; mitos; ritos.

Texto completo:

PDF

Referências


CANDIDO, Antonio. “A personagem do romance”. In: _______ et al. A personagem de ficção. 12ª ed. São Paulo: Perspectiva, 2011.

COUTO, Mia. “O planeta das peúgas rotas”. In: _______. E se Obama fosse africano?: e outras intervenções. São Paulo: Companhia das Letras, 2011, p. 77-94.

_______. A confissão da leoa. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

_______. “Afinal, Carlota Gentina não chegou de voar?”. In: _______. Vozes anoitecidas. São Paulo, 2013, p. 73-84.

ELIADE, Mircea. Mito e realidade. Trad. Pola Civelli. São Paulo: Perspectiva, 2013.

GENNEP, Arnold van. Os ritos de passagem. Trad. Mariano Ferreira. Petrópolis: Vozes, 1977.

JUNOD, Henri. Usos e costumes dos Bantu. Campinas: UNICAMP, 2009.

LEITE, Ana Mafalda. “As personagens-narrativa em Mia Couto, um exemplo para começar: o personagem-tradutor de mundos”. In: _______. Oralidades & escritas pós-coloniais: estudos sobre literaturas africanas. Rio de Janeiro: EDUERJ, 2012, p. 187-196.

MATA, Inocência. “A crítica literária africana e a teoria pós-colonial: um modismo ou uma exigência?” In: _______. A literatura africana e a crítica pós-colonial: reconversões. Luanda: Editorial Nzila, 2007, p. 27-46.

MENDONÇA, Fátima. Literatura moçambicana: a história e as escritas. Maputo: Faculdade de Letras e Núcleo Editorial da Universidade Eduardo Mondlane, 1989.

NOA, Francisco. Império, mito e miopia: Moçambique como invenção literária. Editora Caminho, 2007.

PAREYSON, Luigi. Os problemas da estética. Trad. Maria Helena Nery Garcez. 3ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

SHILS, Edward. “Ritual e crise”. In: _______. Centro e periferia. Trad. José Hartuig de Freitas. Lisboa: Difel, 1992, p. 252-267.




DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2016.117082

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.