"Não vou mais lavar os pratos”: um breve ensaio sobre a "insubordinação" da Literatura Negra

  • Claudia Rocha da Silva Universidade de São Paulo (USP).
Palavras-chave: literatura negra, ausência, insubordinação literária, poesia.

Resumo

O presente texto propõe um dialogo sobre a ausência da Literatura Negra nos eventos literários, enfocando aspectos políticos e conceituais e a "insubordinação" literária das/dos escritoras/escritores, negras e negros, como uma categoria de análise para esta literatura. Teóricos como Eduardo de Assis Duarte, Maria Nazareth Fonseca, Mário Medeiros e Cuti, fundamentam a discussão conceitual. A poesia de Cristiane Sobral e José Carlos Limeira ilustram a discussão teórica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudia Rocha da Silva, Universidade de São Paulo (USP).

Doutorado em Estudos Comparados de Literaturas de Lingua Portuguesa pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP).

Referências

AUGUSTO, Ronald. Escritores negros na 62 feira do livro de Porto Alegre: quantos e quais. Disponível em :(http://poesia-pau.blogspot.com.br/2016/07/escritores-negros-na-62-feira-do-livro.html?fb_ref=Default

BRESSANE, Ronaldo. Literatura é coisa de branco? Entrevista a Regina Dalcastagné. Revista cult. Disponível em: www.revistacult.com.br. Acesso em 10/07/2016.

CANDIDO, Antonio. Vários escritos. 5a edição, corrigida pelo autor. Ouro sobre azul. Rio de Janeiro, 2011.

CUTI. Poemas da carapinha. São Paulo : Ed. do Autor, 1978. 135p.

CUTI. A empáfia do Poeta Gullar. Disponível em: www.buala.org/pt/a-ler/polemica-acerca-da-literatura-negra-brasileira. 10/11/2011. Acesso em 12/07/2016.

DUARTE, Eduardo de. Por um conceito de literatura afro-brasileira. Terceira Margem. Rio de Janeiro, Número 23, p. 113-138, julho/dezembro 2010. Programa de Pós-graduação em Ciência da Literatura. Universidade Federal do Rio de Janeiro. Disponível em: http://www.revistaterceiramargem.com.br/index.php/revistaterceiramargem/article/view/60/72Acesso em 18/07/2016

FONSECA, Maria Nazareth Soares. Poesia afro-brasileira - vertentes e feições. 2012. Disponível em: https://vinteculturaesociedade.wordpress.com/2012/03/17/poesia-afro-brasileira-vertentes-e-feicoes/ Acesso em: 18/07/2016

GULLART. (Preconceito Cultural- Folha de Sao Paulo, Caderno Folha Ilustrada, 4/12/2011).

MEDEIROS DA SILVA, Mário Augusto. Literatura Negra e Literatura Marginal Periférica: sobre intersecções e fraturas In: SILVA, Cidinha da (org.) Africanidades e Relações Raciais: Insumos para Políticas Públicas na Área do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas no Brasil. Brasília: Fundação Cultural Palmares. 2014.

SOBRAL, Cristiane. Entrevista. Disponível em: http://www.afropress.com/post.asp?id=14519. Acesso em 12/07/2016.

XAVIER, Giovana. Carta aberta a Festa literária internacional de Parati - Cadê as nossas escritoras negras na FLIP 2016. Disponível no blog Conversas de Historiadoras. Acesso em 11/07/2016.

Publicado
2016-12-26
Como Citar
Rocha da Silva, C. (2016). "Não vou mais lavar os pratos”: um breve ensaio sobre a "insubordinação" da Literatura Negra. Revista Crioula, (18), 33-50. https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2016.119483
Seção
Dossiê: Leitura, Literatura e educação (Artigos)