Festa da Raspa

Conversas com a poesia bixa de Francisco Mallmann

  • Caio Arnizaut Riscado Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
Palavras-chave: literatura brasileira, poesia bixa, Francisco Mallmann, Literatura Brasileira, Poesia bixa, Precariedade, Festa

Resumo

A partir de poemas do livro haverá festa com o que restar (2018) o artigo apresenta uma leitura da produção bixa de Francisco Mallmann e relaciona seus gestos com os de outras autoras como, por exemplo, Ana Martins Marques e Maria Isabel Iorio. Para localizar a produção dissidente de Mallmann, o texto utiliza como referência o conceito de precariedade, articulado por Judith Butler, e passagens do pensamento de Paco Vidarte sobre a formulação de uma ética bixa. Além disso, propõe a festa como prática de autocuidado e possibilidade de celebração da vida.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABREU, Caio Fernando. Caio Fernando Abreu: o essencial da década de 1970. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2014.

BUTLER, Judith. Quadros de guerra: quando a vida é passível de luto? Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2015.

IORIO, Maria Isabel. Aos outros só atiro o meu corpo. Bragança Paulista, SP: editora urutau, 2019.

MALLMANN, Francisco. haverá festa com o que restar. Bragança Paulista, SP: editora urutau, 2018.

MARQUES, Ana Martins. O livro das semelhanças. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

MISKOLCI, Richard. Não somos, queremos – reflexões queer sobre a política sexual brasileira contemporânea. In: COLLING, Leandro (org). Stonewall 40 + o que no Brasil? Salvador: EDUFBA, 2011.

PELBART, Peter Pál. Biopolítica. In: Revista Sala Preta #7. São Paulo: Revista do PPG em Artes Cênicas - ECA - USP, 2007.

PRECIADO, Beatriz. Multidões Queer: notas para uma política dos anormais. In: Revista de Estudos Feministas, Florianópolis, 19(1): 2011.

VIDARTE, Paco. Ética Bixa: Proclamações libertárias para uma militância LGBT. São Paulo: n-1 edições, 2019.

Publicado
2019-12-30
Como Citar
Riscado, C. (2019). Festa da Raspa. Revista Crioula, (24), 38-48. https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2019.162322
Seção
Dossiê 24: Dissidências de gênero e sexualidade nas literaturas de LP