Odete, a andrógina

pseudônimos masculinos de Cassandra Rios

  • Marcelo Branquinho Massucatto Resende Universidade Estadual Paulista Julio Mesquita Filho
Palavras-chave: Cassandra Rios, Escritas de si, Pseudônimos

Resumo

O presente artigo pretende investigar as potências de sentido criadas em torno de Cassandra Rios enquanto persona literária a partir de duas obras de seus pseudônimos masculinos: Andra, traição sexual (1980), sob o pseudônimo de Oliver River’s, e Sonho de Viúva (1980), como Clarence Rivier. As obras serão estudadas sob a ótica de estudos prévios sobre a escritora, além de norteadores teóricos como Deleuze (2004) e Preciado (2018).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Branquinho Massucatto Resende, Universidade Estadual Paulista Julio Mesquita Filho
Graduado em Letras e mestrando em literatura com ênfase nos estudos de gênero.

Referências

AMARAL, Pedro. Meninas más, mulheres nuas: as máquinas literárias de Adelaide Carraro e Cassandra Rios. Rio de Janeiro: Papéis selvagens, 2017.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Felix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. Vol. 3. 2ª reimpressão. Tradução de Aurélio Guerra Neto, Ana Lúcia de Oliveira, Lúcia Cláudia Leão e Suely Rolnik. São Paulo: Editora 43, 2004.

DELEUZE, Gilles. Diferença e repetição. Tradução de Luiz Orlandi e Roberto Machado. Rio de Janeiro; São Paulo: Paz e terra, 2018.

MARKUN, Paulo Sérgio. Em todas as bancas, a explosão do sexo. In: Jornal da República, 20 nov. 1979.

MORAES, Eliane Robert; LAPEIZ, Sandra. Cassandra Rios, popular e maldita. In: Revista Mulherio. Ano III, n. 14, jul/ago 1983, p. 10.

NEGRÃO, Walter. Cassandra Rios: “Não tenho culpa se a vida é feia”. In: Revista Fiesta. Ano III, n. 27, (S/D), pp. 5-7.

PRECIADO, Paul. Testo Junkie: sexo, drogas e biopolítica na era farmacopornográfica. Tradução de Maria Paula Gurgel Ribeiro. São Paulo: n-1 edições, 2018.

RIOS, Cassandra. O garanhão russo. In:___. Uma aventura dentro da noite. Rio de Janeiro, Record, 1979.

RIVER’S, Oliver. Andra, traição sexual. São Paulo: Gama, 1980.

RIVIER, Clarence. Sonho de viúva. São Paulo: Gama, 1980.

VIEIRA, Kyara Maria de Almeida. “Onde estão as respostas para as minhas perguntas”?: Cassandra Rios - a construção do nome e a vida escrita enquanto tragédia de folhetim (1955-2001). 2014. Tese (Doutorado) – Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal do Pernambuco, Recife, 2014.

Publicado
2019-12-30
Como Citar
Resende, M. (2019). Odete, a andrógina. Revista Crioula, (24), 112-124. https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2019.162548
Seção
Dossiê 24: Dissidências de gênero e sexualidade nas literaturas de LP