A relação entre Eliná e Dona Lair em “Os objetos”, de Dinorath do Valle

  • Pâmela Coca dos Santos Ramos Universidade Estadual Paulista. Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas
Palavras-chave: Dinorath do Valle, Idade da cobra lascada, Os objetos

Resumo

Este artigo analisa a relação entre as personagens principais do conto "Os objetos", um dos finalistas do Concurso de Contos Eróticos da Revista Status em 1977 e publicado na coletânea de contos Idade da Cobra Lascada, de Dinorath do Valle em 1982. Este conto narra o conflito que se estabelece quando Eliná, pobre e assediada pelo pai em sua casa, recebe oferta de moradia de sua professora, Dona Lair, que também a assedia quando a menina, de 13 anos, visita sua casa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BEAUVOIR, S. O segundo sexo: fatos e mitos. Tradução de Sérgio Milliet. São Paulo: Difusão Europeia do livro, 1970.

BEAUVOIR, S. O segundo sexo: a experiência vivida. Tradução de Sérgio Milliet. São Paulo:

Difusão Europeia do livro, 1967.

REIMÃO, S; Reagindo à censura: criatividade em tempos sombrios. O caso do concurso de contos da revista Status. Comunicação & inovação. São Caetano do Sul, v. 9 n. 16, p. 1-6, jan.-jun./2008. Disponível em: https://seer.uscs.edu.br/index.php/revista_comunicacao_inovacao/article/view/685/531. Acesso em 24 out. 2019.

REZENDE, V. L. G. Da crônica jornalística ao conto: a transformação da escrita em Dinorath do Valle. 2019. 231 f. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, São José do Rio Preto, 2003.

SILVA, A. M. S. Dinorath do Vale: literatura e experiência midiática. In:______. Os bárbaros submetidos. São Paulo: Unimar, 2006. p. 135-147.

VALLE, D. Idade da Cobra Lascada. São Paulo: Editora Prelo, 1982

Publicado
2019-12-30
Como Citar
Ramos, P. (2019). A relação entre Eliná e Dona Lair em “Os objetos”, de Dinorath do Valle. Revista Crioula, (24), 125-132. https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2019.162592
Seção
Dossiê 24: Dissidências de gênero e sexualidade nas literaturas de LP