A PÁTRIA DE JOÃO MELO: UM ESTADO MULTICULTURAL

  • Rosangela Manhas Mantolvani Universidade de São Paulo (USP)
Palavras-chave: literatura Angolana, musseque, personagens, vozes das margens

Resumo

EM FILHOS DA PÁTRIA, LIVRO DE CONTOS, A QUESTÃO MULTICULTURAL SE ENCONTRA PRESENTE EM MUITOS DOS CONTOS, REPRESENTADA PELA DIVERSIDADE DE PERSONAGENS, ASSIM COMO A OPÇÃO PELAS VOZES DAS MARGENS NO ESPAÇO DO MUSSEQUE.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosangela Manhas Mantolvani, Universidade de São Paulo (USP)
Doutoranda em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa da FFLCH -USP – CAPES. Pesquisa: Das invasões às fogueiras: os discursos ex-cêntricos em Pepetela e Saramago.
Publicado
2007-11-01
Como Citar
Mantolvani, R. (2007). A PÁTRIA DE JOÃO MELO: UM ESTADO MULTICULTURAL. Revista Crioula, (2). https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2007.53572
Seção
Dossiê: Literaturas da contemporaneidade