OS (DES)ABRIGOS DO “EU” E AS METÁFORAS DA CASA NA POESIA DE ALDA LARA, CONCEIÇÃO LIMA E GLÓRIA DE SANT’ANNA

Autores

  • Érica Antunes Pereira Universidade de São Paulo (USP)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2007.53577

Palavras-chave:

literaturas africanas de língua portuguesa, poesia, metáfora, identidade

Resumo

NESTE ARTIGO, PRETENDEMOS ANALISAR COMO AS METÁFORAS DA CASA CONTRIBUEM PARA A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE NACIONAL E/OU FEMININA NA POESIA DE ALDA LARA, CONCEIÇÃO LIMA E GLÓRIA DE SANT’ANNA.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Érica Antunes Pereira, Universidade de São Paulo (USP)

Doutoranda em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa na Universidade de São Paulo (USP) e bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Pesquisa: Da catana ao batom: Diferentes perspectivas da representação do feminino na poesia africana de língua portuguesa — análise das obras de Alda Espírito Santo, Alda Lara, Conceição Lima, Glória de Sant'Anna, Noémia de Sousa e Paula Tavares.

Downloads

Publicado

2007-11-01

Como Citar

Pereira, Érica A. (2007). OS (DES)ABRIGOS DO “EU” E AS METÁFORAS DA CASA NA POESIA DE ALDA LARA, CONCEIÇÃO LIMA E GLÓRIA DE SANT’ANNA. Revista Crioula, (2). https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2007.53577

Edição

Seção

Artigos e ensaios