ESPAÇO E PALAVRA: UMA LEITURA DE DOIS CONTOS DE DALTON TREVISAN

  • Jonatas Aparecido Guimarães Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG)
Palavras-chave: Dalton Trevisan, Aprendiz de traficante, Eu não sou o Buba, Espaço, Discurso

Resumo

NESTE ARTIGO INTENTA-SE REALIZAR UMA LEITURA DOS CONTOS “APRENDIZ DE TRAFICANTE” E “EU NÃO SOU O BUBA”, DO ESCRITOR CURITIBANO DALTON TREVISAN, TENDO COMO PONTO DE PARTIDA AS RELAÇÕES ENTRE ESPAÇO E DISCURSOS, QUE SE DEMONSTRAM MOVEDIÇOS. ENUNCIADAS EM PRIMEIRA PESSOA POR PERSONAGENS QUE SE DECLARAM MARGINALIZADOS, AS NARRATIVAS SÃO ELABORADAS COMO RELATOS URBANOS NOS QUAIS PREVALECE A ENCENAÇÃO TEXTUAL DOS ENUNCIADORES. PERCEBE-SE, ENTÃO, QUE OS NARRADORES PERSONAGENS SE CARACTERIZAM COMO CAMALEÕES, AO FAZER DA NARRATIVA UMA ESTRATÉGIA DE ADAPTAÇÃO E SOBREVIVÊNCIA NO ESPAÇO URBANO.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jonatas Aparecido Guimarães, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG)
Mestrando em Literaturas de Língua Portuguesa do Programa de Pós-Graduação em Letras da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.
Publicado
2012-05-01
Como Citar
Guimarães, J. (2012). ESPAÇO E PALAVRA: UMA LEITURA DE DOIS CONTOS DE DALTON TREVISAN. Revista Crioula, (11). https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2012.55536
Seção
Dossiê: Polícia, Política e Literatura