ALEGORIA, HISTÓRIA E FICÇÃO EM O OUTRO PÉ DA SEREIA: UMA TESSITURA PÓS-COLONIAL

  • Maria de Fátima Castro de Oliveira Molina Universidade Federal de Rondônia (UNIR)
Palavras-chave: Alegoria, Ficção, História, Literatura Pós-colonial, Mia Couto

Resumo

A relação do escritor Mia Couto com a história da colonização da África se particulariza na obra O outro pé da Sereia (2006) por meio da recriação de cenários e da reconstrução das vozes que compõem a narrativa. Pelo viés desse diálogo, o romance se destaca devido à carga simbólica que traz na (re)construção ficcional de momentos históricos da colonização portuguesa em Moçambique. Partindo dessa premissa, propomos evidenciar a presença da alegoria no entrelaçamento entre História e ficção como elemento constitutivo do universo ficcional do referido romance.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria de Fátima Castro de Oliveira Molina, Universidade Federal de Rondônia (UNIR)
Doutoranda do Programa Pós-Graduação em Letras: Área Literaturas em Língua Portuguesa, pela Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho, Campus de São José do Rio Preto. Pesquisa: O entrelaçamento entre história e ficção em O outro pé da sereia, de Mia Couto. Professora do Departamento de Línguas Vernáculas da Universidade Federal de Rondônia
Publicado
2014-07-15
Como Citar
Molina, M. (2014). ALEGORIA, HISTÓRIA E FICÇÃO EM O OUTRO PÉ DA SEREIA: UMA TESSITURA PÓS-COLONIAL. Revista Crioula, (13). https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2013.64220
Seção
Artigos e ensaios