Das casas construídas na ficção: uma leitura do espaço em A cidade e as serras e São Bernardo

Autores

  • Natasha Gonçalves Otsuka Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2015.84755

Palavras-chave:

literatura portuguesa, literatura brasileira, geocrítica, literatura comparada

Resumo

Cidade, serra e sertão compõem a geografia dos dois romances analisados: A cidade e as serras e São Bernardo, de Eça de Queirós e Graciliano Ramos, respectivamente. Em ambas as narrativas, a casa figura como elemento central do relato. Pretende-se discutir no presente trabalho as relações estabelecidas entre casa, geografia e os personagens da narrativa. Como aparato teórico, foram utilizados estudos de Gaston Bachelard, Michel Collot, Antônio Cândido e Godofredo de Oliveira Neto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natasha Gonçalves Otsuka, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Mestranda em Literatura Portuguesa pelo Programa de Pós-Graduação em Letras Vernáculas da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Referências

BACHELARD, Gaston. A poética do espaço. Tradução de Antônio da Costa Leal e Lídia do Valle Santos Leal. São Paulo: Abril Cultural, 1978. (Coleção Os pensadores)

CÂNDIDO, Antônio. Entre Campo e Cidade. In: Tese e Antítese. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1964. p. 29-56. (Coleção Ensaio)

COELHO, Jacinto do Prado. A letra e o leitor. Lisboa: Portugália Editora, 1969.

COLLOT, Michel. Rumo a uma geografia literária. Tradução de Ida Alves. Gragoatá, Niterói, n. 33, p. 17-31, 2. sem. 2012.

GIDDENS, Anthony. Comte, Popper e o positivismo. In: Política, sociologia e teoria social: encontros com o pensamento social clássico e contemporâneo. Tradução de Cibele Saliba Rizek. São Paulo: Editora da UNESP, 1997. p. 169-239.

HABERMAS, Jürgen. Positivismo, pragmatismo e historicismo. In: Conhecimento e interesse: com um novo posfácio. Introdução e revisão por José N. Heck. Rio de Janeiro: Editora Zahar, 1982. p. 170-210.

JAPIASSÚ, Hilton; MARCONDES, Danilo. Dicionário básico de filosofia. 3.ed. ver. E ampl. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996.

OLIVEIRA NETO, Godofredo (2011). Posfácio. In: _______. RAMOS, Graciliano. São Bernardo. Rio de Janeiro: Record, 2011, p. 223-233.

OLIVEIRA, Paulo Fernando da Motta de. Tradição e modernidade em A cidade e as serras. Boletim do Centro de Estudos Portugueses, Belo Horizonte: CESP/FALE/UFMG, v. 17, n. 21, p. 155-171, jan-dez. 1997.

QUEIRÓS, Eça de. A cidade e as serras. São Paulo: Editora FTD, 1995.

RAMOS, Graciliano. São Bernardo. 91ᵃ edição. Rio de Janeiro: Record, 2011.

SARAIVA, António José e LOPES, Óscar. História da Literatura Portuguesa. 17ᵃ edição. Porto: Porto Editora, 2010.

Downloads

Publicado

2015-04-25

Como Citar

Otsuka, N. G. (2015). Das casas construídas na ficção: uma leitura do espaço em A cidade e as serras e São Bernardo. Revista Crioula, (15). https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2015.84755

Edição

Seção

Artigos e ensaios