Metáfora e função de registro: a visão de mundo do falante e sua interferência nas línguas naturais

Autores

  • Celso Ferrarezi Jr Universidade Federal de Alfenas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v25i1p67-86

Palavras-chave:

metáfora, metáfora funcional, línguas naturais e função de registro, língua e identidade cultural.

Resumo

O presente trabalho visa a demonstrar de que forma
diversas comunidades falantes do português brasileiro e falantes
de línguas indígenas da América do Sul promovem o
registro de aspectos histórico-culturais através de nomeações
pela via da construção metafórica funcional. São apresentados
exemplos que mostram que esses nomes têm uma
importância maior do que sua função indicial e que alertam
para o fato de que a perda de tais nomes implica a perda de
conhecimentos histórico-culturais importantes, o que pode
implicar em perda da identidade e de valores importantes para
a comunidade de falantes.

 

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

2012-06-30

Como Citar

FERRAREZI JR, Celso. Metáfora e função de registro: a visão de mundo do falante e sua interferência nas línguas naturais. Linha D’Água, São Paulo, v. 25, n. 1, p. 67–86, 2012. DOI: 10.11606/issn.2236-4242.v25i1p67-86. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/linhadagua/article/view/37368.. Acesso em: 20 jul. 2024.