Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Chamada de trabalhos ­ — Opiniães nº 13. Dossiê: Circulação da Literatura Brasileira no Exterior

 

Chamada de trabalhos ­ — Opiniães nº 13

Dossiê: Circulação da Literatura Brasileira no Exterior

A Revista Opiniães (Qualis B5) tratará da circulação da literatura brasileira no exterior em seu dossiê temático para a edição de número 13, a ser publicada no fim do segundo semestre de 2018.


O aumento de pesquisas, eventos, concessões de bolsas de estudo e docência, traduções, de espaço dentro dos departamentos estrangeiros de estudos lusos e hispânicos, indicam um cenário de inédito fervilhamento do interesse estrangeiro pela literatura brasileira neste início de século. Mas, mantendo a tradição da falta de continuidade das políticas públicas de incentivo à cultura, quando a atual crise político-econômica teve início, esta esfera foi imediatamente afetada. Ainda é cedo para medir de que maneira essa recessão comprometerá a imagem que vinha sendo construída do país no mercado internacional de bens simbólicos, mas o momento parece propício para avaliarmos com mais demora qual foi a real dimensão da penetração da literatura brasileira fora do Brasil neste período. É com este intuito que a Opiniães abre esta chamada para envio de artigos inéditos relacionados aos seguintes temas:

 

  • Recepção crítica da literatura brasileira no exterior;

  • Estudos comparados envolvendo a literatura brasileira;

  • Aspectos tradutológicos e/ou editoriais afins ao tema do dossiê;

  • Ensino da literatura brasileira fora do país;

  • Estudos Brasileiros e Brasilianistas;

  • Posição da Literatura Brasileira na Literatura Mundial;


Aproveitamos para lembrar que a revista também destina espaço para a publicação de artigos de tema livre, resenhas, ensaios, traduções inéditas e criação literária. A submissão dos textos deverá seguir as normas da revista e deve ser feita até o dia 12/08/2018, via sistema, pelo endereço eletrônico www.revistas.usp.br/opiniaes

As submissões são abertas a pesquisadores vinculados ou não a instituições acadêmicas, não sendo necessário título de mestre/doutor. Temos por princípio que a avaliação por pares, de caráter duplo-cego, é suficiente para garantir a originalidade e qualidade dos artigos a serem publicados.


Lohanna Machado, Umberto de Souza Cunha Neto e Wanderley Corino Nunes Filho

Editores da Opiniães nº 13