Comunicação e liderança: em busca da dimensão sensível

Autores

  • Márcia Pillon Christofoli Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  • Cleusa Maria Andrade Scroferneker Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2023.214692

Palavras-chave:

Liderança sensível, comunicação, cultura, teoria u

Resumo

Neste artigo nos propomos a discutir sobre a dimensão sensível da liderança, ancorada na ideia de hermenêutica em profundidade (Thompson, 2009). A articulação entre o referencial teórico e as entrevistas realizadas com os líderes da Aliança para Inovação evidenciou que a liderança sensível está aberta ao diálogo, ao conhecimento compartilhado e à escuta. Viabiliza-se na dimensão do afeto e da espiritualidade, no sentido de reconhecimento do outro como seu igual, ou seja, na dimensão humana e sensível da comunicação.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Márcia Pillon Christofoli, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

    Doutorado e Mestrado em Comunicação pela Escola de Comunicação, Artes e Design – Famecos da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Mestrado em Comunicação Professora Adjunta da Escola de Comunicação, Artes e Design – Famecos da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Bacharelado em Publicidade/Propaganda - Escola de Comunicação, Artes e Design – Famecos da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

  • Cleusa Maria Andrade Scroferneker, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

    Pós-doutorado em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes/Universidade de São Paulo; Doutorado em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes-Universidade de São Paulo (ECA-USP). Mestrado em Planejamento Urbano e Regional/PROPUR VI pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Bacharelado em Comunicação Social – Habilitação Polivalente pela Faculdade de Comunicação Social – Famecos da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Bacharelado em Geografia - Instituto de Geociências - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Licenciatura Plena em Geografia – Instituto de Geociências - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professora Titular do Programa de Pós-Graduação em Comunicação/PPGCOM e da Escola de Comunicação, Artes e Design – Famecos/ Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Referências

ALIANÇA PARA INOVAÇÃO. Rio Grande do Sul: [201-] Disponível em https://alianca.pucrs.br/. Acesso em: 12 out. 2023.

BAITELLO JUNIOR, Norval. A era da iconofagia: ensaios de comunicação e cultura. São Paulo: Hacker, 2005.

CAPRA, Fritjof. A visão sistêmica da vida: uma concepção unificada e suas implicações filosóficas, políticas, sociais e econômicas. São Paulo: Cultrix, 2014.

CAPRA, Fritjof. As conexões ocultas – Ciência para uma vida saudável. São Paulo: Cultrix, 2002.

CASTELLS, Manuel. Comunicación y Poder. Madrid: Alianza Editorial, 2009.

DUARTE, Jorge. Entrevista em profundidade. In: DUARTE, Jorge; BARROS, Antonio (org.). Métodos e técnicas de pesquisa em comunicação. São Paulo: Atlas, 2006. p. 62-83.

ENRIQUEZ, Eugène. A organização em análise. Petrópolis: Vozes, 1997.

FREITAS, Maria Ester. Cultura organizacional: identidade, sedução e carisma? Rio de Janeiro: Editora FGV, 1999.

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e Método – Traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. Petrópolis: Vozes, 2002.

GIL, Antonio Carlos Amador. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2008.

GOLDENBERG, Mirian. A Arte de pesquisar: como fazer pesquisa qualitativa em Ciências Sociais. Rio de Janeiro: Record, 2007.

GOLEMAN, Daniel; BOYATZIS, Richard; MCKEE, Annie. O poder da inteligência emocional: como liderar com sensibilidade e eficiência. Rio de Janeiro: Objetiva, 2018.

JOHANN, Sílvio Luiz; OLIVEIRA, Alexandre Alberto Leite de; BECKERT, Mara Cesário Pereira; MOREIRA, Vera Susana Lassance. Gestão da mudança e cultura organizacional. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2015.

MACÊDO, Ivanildo Izaias de; RODRIGUES, Denize Ferreira; JOHANN, Maria Elizabeth Pupe; CUNHA, Neisa Maria Martins da. Aspectos comportamentais da gestão de pessoas. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2003.

MACHADO, Juremir. O que pesquisar quer dizer: como fazer textos acadêmicos sem medo da ABNT e da CAPES. Porto Alegre: Sulina, 2010.

MARCONDES FILHO, Ciro. Para entender a comunicação: contatos antecipados com a nova teoria. São Paulo: Paulus, 2008.

MORIN, Edgar. Ensinar a viver: manifesto para mudar a educação. Porto Alegre: Sulina, 2015.

MORIN, Edgar. A comunicação pelo meio (teoria complexa da comunicação). Revista Famecos, n. 20, p. 7-12, 2003.

SCHARMER, Claus Otto. Teoria U: como liderar pela percepção e realização do futuro emergente. Rio de Janeiro: Alta Books, 2019.

SCROFERNEKER, Cleusa Maria Andrade; AMORIM, Lidiane Ramirez de; OLIVEIRA, Rosângela Florczak de. Comunicação organizacional e estratégia: (re)pensar para compreender. In: CONGRESSO ABRAPCORP, 8., 2016, Londrina. Anais […]. Londrina: Universidade Estadual de Londrina, 16 maio 2014.

SIAS, Patricia; KOPANEVA, Irina. Relações de Liderança e Cultura Organizacional. In: MARCHIORI, Marlene (org.). Liderança e comunicação interna. São Caetano do Sul: Difusão, 2014. p. 35-48.

SROUR, Robert Henry. Poder, cultura e ética nas organizações. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

SODRÉ, Muniz. As estratégias sensíveis: afeto, mídia e política. Rio de Janeiro: Mauad X, 2016.

SODRÉ: Muniz. A forma de vida da mídia. Revista Pesquisa Fapesp, n. 78, 2002. Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/2002/08/01/a-forma-de-vida-damidia/. Acesso em: 14 nov. 2023.

THOMPSON, John B. Ideologia e cultura moderna: teoria social crítica na era dos meios de comunicação de massa. Petrópolis: Vozes, 2009.

WOLTON, Dominique. Dominique Wolton, sociólogo: ‘Quando todos falam, ninguém fala’. O Globo, Rio de Janeiro, 20 set. 2014. Disponível em: https://oglobo.globo.com/sociedade/conte-algo-que-nao-sei/dominique-woltonsociologoquando-todos-falam-ninguem-fala-13994845. Acesso em: 14 nov. 2023.

WOLTON, Dominique. Informar não é comunicar. Porto Alegre: Sulina, 2010.

WHEATLEY, Margaret. Liderança para tempos de incerteza: a descoberta de um novo caminho. São Paulo: Cultrix, 2006a.

WHEATLEY, Margaret. Liderança e a nova ciência: descobrindo ordem num mundo caótico. São Paulo: Cultrix, 2006b.

ZIMERMAN, David E. Os quatro vínculos: amor, ódio, conhecimento, reconhecimento na psicanálise e em nossas vidas. Porto Alegre: Artmed, 2010.

Downloads

Publicado

2023-12-29

Como Citar

CHRISTOFOLI, Márcia Pillon; SCROFERNEKER, Cleusa Maria Andrade. Comunicação e liderança: em busca da dimensão sensível. Organicom, São Paulo, Brasil, v. 20, n. 43, p. 58–68, 2023. DOI: 10.11606/issn.2238-2593.organicom.2023.214692. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/organicom/article/view/214692.. Acesso em: 13 jun. 2024.