Deprival value: análise da utilidade da informação

Autores

  • Marco Antonio Pereira Universidade de São Paulo; Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade; Departamento de Administração
  • Alexandre Evaristo Pinto Universidade de São Paulo; Faculdade de Direito; Departamento de Direito Econômico, Financeiro e Tributário
  • João Estevão Barbosa Neto Universidade Federal de Minas Gerais; Faculdade de Ciências Econômicas; Departamento de Contabilidade
  • Eliseu Martins Universidade de São Paulo; Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto; Departamento de Contabilidade

DOI:

https://doi.org/10.1590/1808-057x201805200

Palavras-chave:

deprival value, impairment, utilidade da informação, cognição, mensuração

Resumo

Este artigo contribui com a percepção de que o processo de aprendizagem dos usuários é parte fundamental da aplicação de um conceito contábil e envolve uma apresentação adequada a seu potencial informativo, livre de fixações contábeis anteriores. O deprival value apresenta-se como medida útil para fins gerenciais e societários, podendo ter aplicação na atual Estrutura Conceitual do International Accounting Standards Board (IASB). Este estudo analisa sua utilidade, levando-se em conta aspectos cognitivos. Também conhecido como value to the business, o deprival value é um sistema de mensuração que trilhou um caminho em que foi mal compreendido, confundido com outro, encontrou resistência na implementação e caiu no desuso; tudo o que um método de mensuração normatizado procura evitar. Em contrapartida, o deprival value tem encontrado amparo na academia e em aplicações específicas, como as relacionadas à regulação de serviços públicos. A área contábil tem sido impactada pela sofisticação dos métodos de mensuração que exigem, cada vez mais, capacidade de análise econômica dos fatos contábeis, sob pena de prejuízo no seu conteúdo informativo. Esse desenvolvimento só se faz possível quando se conhece o potencial de um sistema de mensuração e tem-se como atingi-lo. Este estudo consiste em um ensaio teórico baseado em revisão da literatura para discutir sua origem, apresentação e aplicação. Tendo em vista as dificuldades cognitivas do conceito, realizou-se a análise do deprival value e de seu correspondente heterônimo, o value to the business, com objetivo de explicar algumas dessas motivações. A utilidade do conceito também foi explorada por meio de análise cruzada com o impairment e o esquema desenvolvido aplicado a situações econômicas reais enfrentadas por uma companhia aberta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2018-04-01

Como Citar

Pereira, M. A., Pinto, A. E., Barbosa Neto, J. E., & Martins, E. (2018). Deprival value: análise da utilidade da informação. Revista Contabilidade & Finanças, 29(76), 16-25. https://doi.org/10.1590/1808-057x201805200

Edição

Seção

Ensaio