Planejamento estratégico situacional em uma instituição psiquiátrica

contribuições e desafios

Autores

  • Francisca Fabiana Fernandes Lima
  • Nadyelle Elias Santos Alencar
  • Márcia Astrês Fernandes
  • Elaine Cristina Carvalho Moura
  • Fernando José Guedes da Silva-Júnior

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2019.000377

Palavras-chave:

Planejamento em Saúde, Saúde Mental, Hospitais Psiquiátricos, Serviço Hospitalar de Enfermagem

Resumo

OBJETIVO: aplicar o Planejamento Estratégico Situacional no serviço de enfermagem de uma instituição psiquiátrica.
MÉTODO: pesquisa-ação em um hospital psiquiátrico do Nordeste Brasileiro, no período de dezembro/2015 a junho/2016, com a participação de 34 profissionais de enfermagem. Realizadas entrevistas e reuniões, as quais foram gravadas, transcritas e procedida análise de conteúdo.
RESULTADOS: os problemas prioritários foram dimensionamento inadequado de pessoal, insegurança, falhas no gerenciamento de recursos materiais e déficit no cuidado integral prestado. Além disso, houve dificuldades para implementação - baixa governabilidade, comunicação deficiente e desmotivação profissional.
CONCLUSÃO: o planejamento estratégico situacional é útil para o delineamento das ações em saúde mental e sua eficácia depende do comprometimento dos atores envolvidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2019-08-28

Como Citar

Lima, F. F. F., Alencar, N. E. S., Fernandes, M. A., Moura, E. C. C., & Silva-Júnior, F. J. G. da. (2019). Planejamento estratégico situacional em uma instituição psiquiátrica: contribuições e desafios. SMAD, Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool E Drogas (Edição Em Português), 15(2), 20-28. https://doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2019.000377

Edição

Seção

Artigo Original