Distanciamento social e COVID-19: estratégias adotadas por estudantes de Enfermagem

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2021.173655

Palavras-chave:

Saúde Mental, Estudantes, Estudantes de Ciências da Saúde, Infecções por Coronavírus, Distanciamento Social, Adaptação Psicológica

Resumo

Objetivo: identificar quais estratégias de enfrentamento foram adotadas por estudantes de Enfermagem de uma universidade pública perante as dificuldades vivenciadas no decorrer do distanciamento social e da pandemia da COVID-19. Método: estudo transversal, realizado com 148 estudantes, a partir de questionário on-line. A análise estatística foi realizada por meio de análise descritiva dos dados, apresentando os resultados por frequências absolutas e relativas e medidas de tendência central. Resultados: constatou-se que uma pequena parcela foi infectada por SARS-CoV-2 (6,1%). Em contrapartida, 39,9% relataram que algum familiar foi infectado. Em relação aos que utilizaram estratégias de enfrentamento (91,2%), destacam-se a adoção de hobbies (49,3%) e a realização de atividades físicas (26,4%). Nota-se que ambas estiveram relacionadas também a meios para o afastamento da situação vivida e/ou na tentativa de fuga de pensamentos negativos. Conclusão: os resultados apontam ser necessário o apoio da universidade, a partir de ações com enfoque na saúde mental dos estudantes de Enfermagem, potencializando as estratégias que sejam eficazes na melhoria do bem-estar e na diminuição do estresse dos alunos, suscetíveis ao adoecimento psíquico, a partir das vivências e receios do meio universitário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

OPAS (Organização Pan-americana de Saúde). Folha informativa – COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus) [Internet]. 2020 [Acesso 6 julho 2020]. Disponível em: https://www.paho.org/bra/index. php?option=com_content&view=article&id=6101:covid 19&Itemid=875#historico

Aquino EML, Silveira IH, Pescarini JM, Aquino R, Souza-Filho JA de, Rocha AS, et al. Social distancing measures to control the COVID-19 pandemic: potential impacts and challenges in Brazil. Ciênc Saúde Coletiva. 2020;25(suppl 1):2423–46. doi: http://dx.doi. org/10.1590/1413-81232020256.1.10502020

Wilder-Smith A, Freedman DO. Isolation, quarantine, social distancing and community containment: pivotal role for old-style public health measures in the novel coronavirus (2019-nCoV) outbreak. J Travel Med. 2020;27(2):1-4. doi: http://dx.doi.org/10.1093/jtm/ taaa020

CDC (Centers for Disease Control and Prevention). Severe Acute Respiratory Syndrome (SARS): Appendix D1: Interventions for Community Containment [Internet]. 2004 [cited July 6 2020]. Available from: https://www. cdc.gov/sars/guidance/d-quarantine/app1.pdf

Decreto N° 4597-R, 16 março 2020 (ES-BR). Dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do coronavírus (COVID-19) na área da educação, e dá outras providências. [Internet]. 2020. [Acesso 6 jul 2020]. Disponível em: https://sedu. es.gov.br/Media/sedu/pdf%20e%20Arquivos/Decreto%20 %20N%C2%BA%204597-R%20de%2017.03.20.pdf

Ministério da Saúde (BR). Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Pandemia de Covid-19: recomendações para gestores [Internet]. Rio de Janeiro (RJ): FIOCRUZ; 2020. [Acesso 6 jul 2020]. Disponível em: https:// portal.fiocruz.br/documento/saude-mental-e-atencao-psicossocial-na-pandemia-covid-19-recomendacoes-para-gestores

Inter-Agency Standing Committee. Addressing Mental Health and Psychosocial aspects of COVID-19 outbreak [Internet]. Genebra (CH): IASC; 2020. [cited July 6 2020]. Available from: https://pesquisa.bvsalud.org/ portal/resource/pt/mdl-32052841

Ministério da Saúde (BR). A quarentena na COVID- 19: orientações e estratégias de cuidado [Internet]. Rio de Janeiro (RJ): FIOCRUZ; 2020. [Acesso 6 jul 2020]. Disponível em: https://www.fiocruzbrasilia.fiocruz.br/a-quarentena-na-covid-19-orientacoes-e-estrategias-de-cuidado/

Brooks SK, Webster RK, Smith LE, Woodland L, Wessely S, Greenberg N, et al. The psychological impact of quarantine and how to reduce it: rapid review of the evidence. Lancet. 2020;395(10227):912-20. doi: http:// dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(20)30460-8

Ramírez-Ortiz J, Castro-Quintero D, Lerma-Córdoba C, Yela-Ceballos F, Escobar-Córdoba F. Consecuencias de la pandemia COVID-19 en la salud mental asociadas al aislamiento social. Rev Colombiana Anestesiol. 2020;48(4):e930. https://doi.org/10.5554/22562087. e930

Gomes CFM, Pereira RJ Junior, Cardoso JV, Silva DA da. Common mental disorders in university students: epidemiological approach about vulnerabilities. SMAD Rev Eletrôn Saúde Mental Álcool e Drogas. 2020;16(1):1- 8. doi: http://dx.doi.org/10.11606//issn.1806-6976. smad.2020.157317

Carleto CT, Moura RCD de, Santos VS, Pedrosa LAK. Adaptation to university and common mental disorders in nursing undergraduate student. Rev Eletrôn Enferm. 2018; 20:1-10. doi: http://dx.doi.org/10.5216/ree.v20.43888

Coulon A. Le métier d’étudiant: l’entrée dans la vie universitaire. Educ Pesqui. 2017;43(4):1239-50. doi: http://dx.doi.org/10.1590/s1517-9702201710167954

Hossain MM, Sultana A, Purohit N. Mental health outcomes of quarantine and isolation for infection prevention: A systematic umbrella review of the global evidence. Epidemiol Health [Internet]. 2020:1-11. [cited July 23 2020]. doi: http://dx.doi.org/10.4178/epih. e2020038

Santos JP dos. Escuta qualificada como ferramenta de humanização do cuidado em saúde mental na Atenção Básica. APS Rev. [Internet]. 2019;1(2):170-9. doi: http:// dx.doi.org/10.14295/aps.v1i2.23

Zhou X. Psychological crisis interventions in Sichuan Province during the 2019 novel coronavirus outbreak. Psychiatry Res. 2020;286(112895). doi: http://dx.doi. org/10.1016/j.psychres.2020.112895

Shojaei SF, Masoumi R. The importance of mental health training for psychologists in COVID-19 outbreak. Middle East J Rehabil Health Stud. 2020;7(2):e102846. doi: http://dx.doi.org/10.5812/mejrh.102846

Resolução nº. 4, de 26 de março de 2020 (BR). Regulamentação de serviços psicológicos prestados por meio de Tecnologia da Informação e da Comunicação durante a pandemia do COVID-19 [Internet]. Diário Oficial da União 26 mar 2020; Seção 1. [Acesso 23 jul 2020]. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/ resolucao-n-4-de-26-de-marco-de-2020-250189333

Conselho Federal de Psicologia (BR). Resolução n° 11, de 11 de maio de 2018. Prestação de serviços psicológicos realizados por meios de tecnologias da informação e da comunicação. [Internet]. Diário Oficial da União 11 mai 2018; Seção 1. [Acesso 23 julho 2020]. Disponível em: https://e-psi.cfp.org.br/resolucao-cfp-no-11-2018/

Almondes K. Tópico 8 - Manejo das alterações de sono no contexto de enfrentamento da COVID-19. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Psicologia; 2020 [Acesso 23 julho 2020]. Disponível em: https://www.sbponline. org.br/enfrentamento-covid19

Kohl HW, Craig CL, Lambert EV, Inoue S, Alkandari JR, Leetongin G, et al. The pandemic of physical inactivity: global action for public health. Lancet. 2012; 380(9838):294-305. doi: https://pubmed.ncbi.nlm.nih. gov/22818941/

Liu J, Yu P, Lv W, Wang X. The 24-Form Tai Chi Improves Anxiety and Depression and Upregulates miR-17-92 in Coronary Heart Disease Patients After Percutaneous Coronary Intervention. Frontiers Physiol. [Internet]. 2020;11(149). [cited July 23 2020]. Available from: https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/ fphys.2020.00149/full

Peluso MAM, Andrade LHSG. Physical activity and mental health: the association between exercise and mood. Clinics. 2005;60(1):61-70. doi: http://dx.doi. org/10.1590/S1807-59322005000100012

Maia BR, Dias PC. Anxiety, depression and stress in university students: the impact of COVID-19. Estud Psicol. 2020;37(e200067):1-8. doi: http://dx.doi. org/10.1590/1982-0275202037e200067

Gomes CV, Frinhani FMD. Alimentação saudável como direito humano à saúde: uma análise das normas regulamentadoras da produção de alimentos orgânicos. [Internet]. Leopoldianum. [Internet]. 2017;43(121):73- 93. [Acesso 23 julho 2020]. Disponível em: http:// periodicos.unisantos.br/leopoldianum/article/view/757

Lima RMS, Soares ACN. Alimentação saudável no contexto pandêmico da COVID-19. In: Senhoras EM. COVID-19: Saúde da mente e do corpo. Roraima: Editora da Universidade Federal de Roraima; 2020. p. 81-98

Eleutério R, Sebold L, Silveira B, Justino J, Oliveira P. Abordando hábitos saudáveis com escolares: relato de experiência. Extensio: Rev Eletrôn Extensão. 2018;15(30):132-9. doi: http://dx.doi. org/10.5007/1807-0221.2018v15n30p132

World Healt Organization. Traditional Medicine Strategy [Internet]. Genebra (CH); 2004. 2020 [cited July 23 2020]. Available from: https://www.who.int/ health-topics/traditional-complementary-and-integrative-medicine#tab=tab_1

Vorkapic CF, Rangé B. Benefits of yoga practices for anxiety disorders. [Internet]. Rev Bras Terap Cognitivas. 2011;7(1):50-4. [cited July 23 2020]. Available from: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext &pid=S1808-56872011000100009

Porreca W. Spirituality/religiosity:possible companies in pandemic challenges-COVID-19. Cad Admin. 2020; 280:141-6. doi: http://dx.doi.org/10.4025/cadadm. v28i0.53632

Oliveira CDM de, Ribeiro FA, Silva ILO, Silva LRT, Souza JAX, Franco GC, et al. As organizações religiosas brasileiras frente à pandemia de COVID-19. J Latin Am Geography. 2020;19(3):272-92. doi: http://dx.doi. org/10.1353/lag.0.0147

Pondé MP. Caroso C. Lazer como fator de proteção da saúde mental. Rev Ciênc Médicas Campinas. [Internet]. 2003; 12(2):163-72. [Acesso 25 jul 2020]. Disponível em: https://seer.sis.puc-campinas.edu.br/seer/index. php/cienciasmedicas/article/view/1268/1242

Matoso LML, Oliveira AMB. O efeito da música na saúde humana: base e evidências científicas. [Internet]. Rev Eletrôn FAINOR. 2017; 10(2):76-98. [Acesso 25 jul 2020]. Disponível em: https://pdfs.semanticscholar.org/ ba3e/30dc311d50b2376c2a34c299250010c8364d.pdf

Martos MP, Land JMA, Zafra EL. Sources of stress in nursing students: a systematic review of quantitative studies. Int Nurs Rev. 2012;59(1):15-25. doi: http:// dx.doi.org/10.1111/j.1466-7657.2011.00939.x

Gibbons C. Stress, coping and burn-out in nursing students. Int J Nurs Stud. 2010;47(1):1299-309. doi: http://dx.doi.org/10.1016/j.ijnurstu.2010.02.015

Mimura C, Griffiths P. The effectiveness of current approaches to workplace stress management in the nursing profession: an evidence based literature review. Occup Environ Med. 2003;60(1):10-5. doi: http://dx.doi. org/10.1136/oem.60.1.10

Universidade Federal do Espírito Santo. [Internet]. Informações gerais; 2006. [Acesso 25 julho 2020]. Vitória: UFES; c2013-2020. Disponível em: http://www.enfermagem.vitoria.ufes.br/pt-br/ informa%C3%A7%C3%B5es-gerais

Enumo SRF, Weide JN, Vicentini ECC, Araujo MF, Machado WL. Enfrentando o estresse em tempos de pandemia: proposição de uma Cartilha. Estud Psicol. (Campinas). 2020;37:1-10. doi: http://dx.doi. org/10.1590/1982-0

Publicado

2021-06-30

Como Citar

Portugal, F. B., Wandekoken, K. D., Souza, R. S. de, Souza, E. da R., & Rodrigues, L. do N. (2021). Distanciamento social e COVID-19: estratégias adotadas por estudantes de Enfermagem. SMAD Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool E Drogas (Edição Em Português), 17(2), 7-15. https://doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2021.173655