Processo de avaliação

- A Ars adota a avaliação duplo-cega por pares por pareceristas ad hoc com colaboração de professores-pesquisadores conceituados de universidades brasileiras e estrangeiras, o que garante, a um só tempo, rigor e transparência nos critérios de avaliação;

- Os textos submetidos são avaliados primeiramente pelos Editores, que analisam sua adequação às diretrizes de submissão, ao escopo da revista e aos critérios de avaliação adotados. A equipe editorial da Ars se reserva o direito de recusar artigos que não correspondam aos critérios qualitativos adotados ou que não contemplem as diretrizes editoriais do periódico. Artigos aprovados nessa primeira etapa são em seguida submetidos aos pareceristas ad hoc (em sistema de avaliação duplo-cega por pares), que podem aceitar, recusar ou sugerir alterações ao autor;

- Os artigos são avaliados conforme os seguintes critérios: adequação ao escopo e às linhas editoriais do periódico; ineditismo; habilidade de mobilização do repertório da área de conhecimento; demonstração de capacidade reflexiva; possibilidade de contribuição do artigo ao debate atual sobre arte e cultura contemporânea, história, teoria e crítica de arte e temas correlatos; domínio da língua escrita conforme registro adequado à pesquisa e divulgação científica; conformidade com as diretrizes para submissão aos autores;

- O período de avaliação dura 6 (seis) meses, ao fim do qual o autor receberá um e-mail com a decisão tomada;

- No caso de atigos com múltipla autoria, poderão ser listados como coautores apenas aqueles que desempenharam todas as seguintes funções: contribuição substancial para a concepção ou elaboração do artigo, escrita do rascunho inicial ou revisão de conteúdo da versão final e aprovação da versão submetida. Todos os coautores assumem a responsabilidade pelos dados e pelas informações do artigo. Orientadores e orientadoras, quando não cumprirem as funções acima delimitadas, não devem ser listados como coautores;

- Submissões múltiplas de um mesmo autor ou de um mesmo artigo não serão encaminhadas para avaliação, cabendo ao autor a responsabilidade de garantir que haja apenas uma submissão vigente no sistema por vez;

­­- Caso o parecerista recomende que o artigo seja adequado e reapresentado à revista, o autor deverá providenciar os ajustes necessários e submeter o texto novamente no prazo de 3 (três) meses a partir da data de recebimento da decisão. Submissões que ultrapassarem esse período serão canceladas; 

- O autor deverá aguardar o período de 2 (anos) anos, a partir da data da publicação de um artigo, para enviar nova submissão. Textos apresentados antes desse período não serão considerados para avaliação. Esta cláusula também é válida nos casos em que um dos coautores tenha publicado há menos de 2 (dois) anos na revista; 

– Submissões devem ser feitas pelo sistema OJS, que pode ser acessado pelo site do periódico. A Ars também acolhe textos depositados em repositórios de preprint, que serão submetidos paralelamente ao processo regular de avaliação da revista;

– A Revista Ars não cobra qualquer tipo de taxa para a submissão, avaliação e/ou publicação dos artigos.