Políticas educacionais e a questão do acesso ao ensino superior:

notas sobre a deseducação

Autores

  • Renata Guedes Mourão Macedo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v28i2p26-31

Resumo

reflexões sobre as políticas educacionais de acesso ao ensino superior no Brasil contemporâneo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Guedes Mourão Macedo

É pesquisadora do Núcleo de Estudos dos Marcadores Sociais da Diferença (NUMAS-USP) e professora convidada da Fundação Escola de Sociologia e Política (FESP) de São Paulo, além de mestra e doutora em Antropologia pela Universidade de São Paulo, com graduação em Ciências Sociais pela mesma instituição

Referências

ALMEIDA, Wilson. "Os Herdeirose os bolsistas do ProUni na cidade de São Paulo". Educação e Sociedade, Campinas, v. 36, n. 130, p. 85-100, mar. 2015. Disponíve em https://www.scielo.br/pdf/es/v36n130/0101-7330-es-36-130-00085.pdf

ALMEIDA, Heloisa Buarque; MACEDO, Renata M. “Discursos sobre a “nova classe média” na mídia: classe, gênero e raça em intersecção”. Anais do 39º Encontro Anual da Anpocs, Caxambu, MG, 2015.

BOURDIEU, Pierre; CHAMPAGNE, Patrick. “Os excluídos do interior”. In: NOGUEIRA, Maria Alice;CATANI, Afrânio. (orgs.) Escritos de Educação. Petrópolis, Vozes, 1998.

COSTA, Henrique.“Estudantes do ProUni na crise do lulismo”. Revista Plural, v.26, 2019, pp. 289-311.

FERNANDES, Florestan. Educação e sociedade no Brasil. São Paulo: Dominus e Edusp, 1966.

FIORI, Ana Letícia; ASSÊNSIO, Cibele; ANDRADE, Fabiana; TEIXEIRA, Jacqueline; PATRIARCA, Letizia; DAL BO, Talita. “O tempo e o vento: notas sobre a arte de burocratizar cotas na USP”. Revista de Antropologia, V.60, N.1, 2017, pp.55-83. Disponível em http://www.revistas.usp.br/ra/article/view/132101

INEP.“Censo da Educação Superior 2018: notas estatísticas”. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, 2019. Disponível em: http://download.inep.gov.br/educacao_superior/censo_superior/documentos/2019/censo_da_educacao_superior_2018-notas_estatisticas.pdf, acesso em 23/10/2019.

LAVAL, Christian. A escola não é uma empresa: o neoliberalismo em ataque ao ensino público. São Paulo: Boitempo, 2019.

MACEDO, Renata M. Escolhas possíveis: narrativas de classe e gênero no ensino superior privado. Tese (doutorado em Antropologia Social). Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019.

MIGUEL, Luis Felipe. “Da ‘doutrinação marxista’ à ‘ideologia de gênero’ –Escola Sem Partido e as leis da mordaça no parlamento brasileiro”. Revista Direito e Práxis, v.7, n.15, 2016, pp. 590-621. Disponível em https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/revistaceaju/article/view/25163

PINHEIRO-MACHADO, Rosana; SCALCO, Lucia. “Da esperança ao ódio: juventude, política e pobreza do lulismo ao bolsonarismo”. Cadernos IHU Ideias, 2018. Disponível em http://www.ihu.unisinos.br/images/stories/cadernos/ideias/278cadernosihuideias.pdf

RIBEIRO, Carlos Antonio Costa e SCHLEGEL, Rogerio.“Estratificação horizontal e ensino superior no Brasil (1960 a 2010)”. In: ARRETCHE, Marta (org). Trajetórias de desigualdades: como o Brasil mudou nos últimos cinquenta anos. São Paulo, Ed. Unesp, 2015.

SAMPAIO, Helena et al. “Expanding Access to Higher Education and its (Limited) Consequences for Social Inclusion: The Brazilian Experience”. Social Inclusion, 2019, V.7, I.1, pp.7-17. Disponível em https://www.cogitatiopress.com/socialinclusion/article/view/1672

SINGER, André.O lulismo em crise: um quebra-cabeça do período Dilma (2011-2016). São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

Downloads

Publicado

2019-12-20

Como Citar

Macedo, R. G. M. (2019). Políticas educacionais e a questão do acesso ao ensino superior:: notas sobre a deseducação. Cadernos De Campo (São Paulo 1991), 28(2), 26-31. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v28i2p26-31

Edição

Seção

Conjuntura