Sobre a Revista

A Revista Via Atlântica, publicação semestral do Programa de Pós-Graduação de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa da Universidade de São Paulo, tem por objetivo levar aos estudiosos, do Brasil e do Exterior, resultados de investigações desenvolvidas por especialistas nas áreas de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, Literatura Comparada, Literatura Infantil e Juvenil, Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, Literatura Brasileira, Literatura Portuguesa e de outras literaturas e culturas  que se expressam em português. Faz parte ainda do escopo da Via Atlântica a publicação de artigos que tratem das relações interdisciplinares da Literatura com outras Linguagens e com outras Formas do Saber. A publicação abrange, além de um Dossiê temático, outros trabalhos inéditos sob a forma de Ensaios, Artigos, Entrevistas e Resenhas de livros de interesse para os Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa e áreas correlatas. A revista Via Atlântica está inserida na área temática de Outras Literaturas Vernáculas, conforme tabela de áreas do conhecimento do CNPq (8.02.07.00-6).

Notícias

Dossiê 42: Os Lusíadas 450 anos

2021-09-02

APRESENTAÇÃO

Em 2022, celebram-se 450 anos da primeira edição de Os Lusíadas – considerado o maior poema épico em língua portuguesa. A despeito da longevidade e da extensa fortuna crítica, os debates voltados para a poesia de Camões nunca deixam de ser atuais e necessários, pois nela é possível encontrar pistas sobre a história portuguesa e os critérios que amparavam a produção letrada. Neste dossiê da revista Via Atlântica, propomo-nos a acolher artigos, ensaios e resultados de investigações concernentes à produção camoniana em verso, o que inclui outros gêneros, além da épica (lírica, comédia) e formas poéticas praticadas pelo poeta português (sonetos, baladas, rimas, décimas etc.). Ao submeter sua colaboração, com vistas a participar do dossiê, recomenda-se que o(a) autor(a) considere um dos eixos seguintes:

  • Recepção ao épico camoniano;
  •  Aspectos retóricos e poéticos relacionados a Os Lusíadas;
  •  Produção lírica de Camões;
  •  Aspectos editoriais relativos a Os Lusíadas;
  •  Fortuna crítica sobre o poeta;
  •  Protocolos de leitura ao longo dos tempos;
  •  Apropriações de Camões na poesia ulterior.

 

 

Saiba mais sobre Dossiê 42: Os Lusíadas 450 anos

Edição Atual

n. 38 (2020): Uma Miscelânia Literária: pela Multiplicidade Crítica
					Visualizar n. 38 (2020): Uma Miscelânia Literária: pela Multiplicidade Crítica
Publicado: 2020-12-23

Outros Textos

Entrevistas

Ver Todas as Edições
  • Indexado em: