Namorando o Brasil

o caso do filme "Romance no Rio"

Autores

  • Arthur Autran Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-677X.rum.2018.142536

Palavras-chave:

Cinema Argentino, Brasil, Exibição, História do Cinema

Resumo

Este artigo aborda o filme Romance no Rio (Caminito de gloria, Luis Cesar Amadori, 1939), produzido no período do cinema clássico argentino. Partindo do contexto da realização da película pela produtora Argentina Sono Film, o texto descreve e analisa o lançamento comercial no Brasil e sua repercussão na imprensa. O artigo também discute a presença do Brasil e de elementos associados à sua cultura em Romance no Rio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arthur Autran, Universidade Federal de São Carlos

Bacharelado em Comunicação Social pela Universidade de São Paulo (1994), mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (1999) e doutorado em Multimeios pela Universidade Estadual de Campinas (2004). Atualmente é Professor Associado no Departamento de Artes e Comunicação da Universidade Federal de São Carlos atuando no Bacharelado em Imagem e Som, no Programa de Pós-Graduação em Imagem e Som e no Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade.

Downloads

Publicado

2018-12-20

Como Citar

AUTRAN, A. Namorando o Brasil: o caso do filme "Romance no Rio". RuMoRes, [S. l.], v. 12, n. 24, p. 212-230, 2018. DOI: 10.11606/issn.1982-677X.rum.2018.142536. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/Rumores/article/view/142536. Acesso em: 18 maio. 2021.

Edição

Seção

Artigos