On Brazilian fishing bibliography (1930 to 1980)

themes, authors and their worries

  • Dauto João da Silveira Faculdade Ielusc
Keywords: Artisanal fishermen, Bibliographic production, Social struggles, Emancipation, Politics

Abstract

This article will mainly focus on the growth of Brazilian bibliographic production in the 20th century, the first issues, the most relevant authors and their concerns about the world of artisanal fisheries. We start from the assumption that the sharpening of contradictions in the fishing world produced a form of awareness that resulted in scientific and critical work on artisanal fishermen. In that same context, the growth of institutions and research centers in the late 20th century is noteworthy. We carried out a historical literature research on the annals and records of institutes and universities, and on occasional productions of the period. We could observe that during the first half of the century many of the analyses dealt with fishermen secondarily, that is, the concern lied on vulnerable people and, in that context, the fishermen were approached.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Dauto João da Silveira, Faculdade Ielusc

Doutor em Sociologia e Professor de Teoria Política da Faculdade Ielusc (Associação Educacional Luterana Bom
Jesus/Ielusc).

References

Cascudo, L.C. 1946. Contos tradicionais do Brasil. América Ed., Rio de Janeiro.

Cemar – Centro de Culturas Marítimas. 1º Encontro de Ciências Sociais e o Mar, 1986, Brasília.

Ciacchi, A. 2007. Gioconda Mussolini: uma travessia bibliográfica. Revista de Antropologia 50: 182 223. Disponível em: <http://bit.ly/2GA9oGN>. Acesso em: 29/07/2019. DOI: 10.1590/S0034-77012007000100005.

Considera, A.F. 2011. Museus de história natural no brasil (1818-1932): uma revisão bibliográfica. In: Anais do 26º Simpósio Nacional de História, 2011, São Paulo. Disponível em: <http://bit.ly/2GB5Y6w>. Acesso em: 29/07/2019.

Diegues, A.C. 1973. Pesca e marginalização no litoral paulista. Dissertação de mestrado. Universidade de São Paulo, São Paulo.

Diegues, A.C. 1999. A sócio-antropologia das comunidades de pescadores marítimos no Brasil. Etnográfica 3: 361 375. Disponível em: <http://bit.ly/32XTUpF>. Acesso em: 29/07/2019.

Duarte, L.F.D. 1978. As redes do suor: a reprodução social dos trabalhadores da produção de pescado em Jurujuba. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

IAB – Instituto de Arqueologia Brasileira. 2014. Quem somos. Disponível em: <http://bit.ly/2SMut5L>. Acesso em: 29/07/2019.

Evangelista, H.A. 2012. Conselho Nacional de Geografia. Revista geo-paisagem 11: s. p. Disponível em: <http://bit.ly/32X8hum>. Acesso em: 29/07/2019.

Freyre, G. 1933. Casa grande e senzala: formação da família brasileira sob o regime de economia patriarchal. Maia & Schmidt, Rio de Janeiro.

Freyre, G. 1936. Sobrados e mucambos: decadencia do patriarchado rural no Brasil. Companhia Editora Nacional, São Paulo.

Fundaj – Fundação Joaquim Nabuco. 2009. Discurso do deputado Gilberto Freyre apresentando o projeto de criação do Instituto Joaquim Nabuco, no dia 2 de agosto de 1948. Disponível em: <http://bit.ly/2SUOneY>. Acesso em: 29/07/2019.

Guimarães, I.V.P.F. 2012. Amazônia no domínio das águas: Hurley e a revista do Instituto Histórico e Geográfico do Pará (1917-1938). Revista de História Regional 17: 66 88. Disponível em: <http://bit.ly/2yjP7AD>. Acesso em: 29/07/2019. DOI: 10.5212/Rev.Hist.Reg.v.17i1.0003.

IO – Instituto Oceanográfico. [20--]. Histórico. Disponível em: <http://bit.ly/2Yb9OOP>. Acesso em: 29/07/2019.

Lima, R.K. 1978. Pescadores de Itaipu: a pescaria da tainha e a produção ritual da identidade social. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

Mourão, F.A.A. 1971. Os pescadores do litoral sul do estado de São Paulo. Disponível em: <http://bit.ly/2YvzPmY>. Acesso em: 29/07/2019.

Verardi, C. 2018. Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj): uma "Casa" de pesquisa, educação e cultura. Disponível em: <http://bit.ly/2K2hytO>. Acesso em: 29/07/2019.

Viana, O. 2005. Populações meridionais do Brasil. Senado Federal, Brasília. Disponível em: <http://bit.ly/330prY4>. Acesso em: 29/07/2019.

Published
2018-10-09
How to Cite
Silveira, D. (2018). On Brazilian fishing bibliography (1930 to 1980). Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (30), 161-174. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2018.125477
Section
Bibliographical Studies