Processos de formação do sambaqui Jabuticabeira-II: interpretações através da análise estratigráfica de vestígios vegetais carbonizados

Autores

  • Gina Faraco Bianchini Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional. Departamento de Antropologia
  • MaDu Gaspar Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional. Departamento de Antropologia
  • Paulo DeBlasis
  • Rita Scheel-Ybert Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional. Departamento de Antropologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2011.89961

Palavras-chave:

Ritual funerário, Carvões, Antracologia, Sambaqui

Resumo

Este trabalho apresenta a análise antracológica de uma área funerária do sítio Jabuticabeira-II, a qual é comparada aos resultados da análise da camada de cobertura do mesmo perfil realizada por Scheel-Ybert (2001). Todo o sedimento foi coletado de acordo com as feições arqueológicas. A identificação dos fragmentos foi feita em microscópio de luz refletida a partir da estrutura anatômica da madeira. Foram evidenciadas diferenças significativas entre a camada de cobertura e a área funerária e apresentados dados que sugerem a ocorrência de seleção de alguns elementos relacionados ao ritual funerário.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Gina Faraco Bianchini, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional. Departamento de Antropologia
    E

Downloads

Publicado

2011-12-09

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

BIANCHINI, Gina Faraco; GASPAR, MaDu; DEBLASIS, Paulo; SCHEEL-YBERT, Rita. Processos de formação do sambaqui Jabuticabeira-II: interpretações através da análise estratigráfica de vestígios vegetais carbonizados. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, São Paulo, Brasil, n. 21, p. 51–69, 2011. DOI: 10.11606/issn.2448-1750.revmae.2011.89961. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revmae/article/view/89961.. Acesso em: 13 abr. 2024.