Praia dos Ingleses 1: Arqueologia subaquática na Ilha de Santa Catarina, Brasil (Parte 2)

Autores

  • Francisco Silva Noelli Universidade Estadual de Maringá
  • Patrícia Cardoso Monteiro Universidade Federal de Santa Catarina
  • Alexandre Viana Instituto Politécnico de Tomar

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2011.89978

Palavras-chave:

Arqueologia Subaquática, História Marítima, Brasil Colonial

Resumo

Este trabalho é a continuidade do artigo publicado na Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia (Noelli, Viana, Moura 2009), onde apresentamos: 1) a metodologia de arqueologia subaquática aplicada na escavação de um naufrágio na Praia dos Ingleses, Ilha de Santa Catarina; 2) os primeiros resultados da análise dos achados; 3) a pesquisa histórica sobre o contexto do naufrágio e da identificação da embarcação. Apresentaremos, agora, os dados que confirmam a hipótese que testávamos em 2009: que o barco pesquisado era aquele que as fontes históricas indicavam ser o liderado por Thomas Frins e mais sete ingleses, acusados de pirataria no Vice-Reino do Peru (1687) e no Brasil (1688).

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Francisco Silva Noelli, Universidade Estadual de Maringá
    Arqueólogo e Historiador, mergulhador. Professor aposentado da Universidade Estadual de Maringá
  • Patrícia Cardoso Monteiro, Universidade Federal de Santa Catarina

    Bióloga, formada pela Universidade Federal de Santa Catarina

  • Alexandre Viana, Instituto Politécnico de Tomar

    Arquiteto, mergulhador, mestrando em Arqueologia
    Subaquática, Instituto Politécnico de Tomar

Downloads

Publicado

2011-12-09

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

NOELLI, Francisco Silva; MONTEIRO, Patrícia Cardoso; VIANA, Alexandre. Praia dos Ingleses 1: Arqueologia subaquática na Ilha de Santa Catarina, Brasil (Parte 2). Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, São Paulo, Brasil, n. 21, p. 293–314, 2011. DOI: 10.11606/issn.2448-1750.revmae.2011.89978. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revmae/article/view/89978.. Acesso em: 18 jul. 2024.