Avaliação do perfil, satisfação e efetividade do tratamento fisioterapêutico em grupo nos pacientes com osteoartrite de joelho

Autores

  • Rafaela Castro Rodrigues
  • José Carlos Baldocchi Pontin Universidade Federal de São Paulo
  • Sandra Martim Falcon Universidade Federal de São Paulo
  • Therezinha Rosane Chamlian Universidade Federal de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5935/0104-7795.20130020

Palavras-chave:

Osteoartrite do Joelho, Fisioterapia, Reabilitação

Resumo

A osteoartrite (OA) é uma doença crônica degenerativa de progressão lenta que mais frequentemente afeta o joelho. Dentre os fatores predisponentes estão envelhecimento, obesidade, lesões ou cirurgias prévias, esforço ocupacional e recreacional cumulativo, mau alinhamento articular e fraqueza muscular. A fisioterapia no tratamento conservador objetiva a melhora da força muscular, amplitude de movimento e estabilidade articular. A fisioterapia em grupo é realizada duas vezes por semana, com exercícios de alongamento e fortalecimento de membros inferiores e treino sensório-motor. Objetivo: Os objetivos deste estudo foram caracterizar perfis socioeconômico e de saúde, distribuição por gênero e idade e melhora da dor e satisfação dos pacientes com OA de joelho que realizaram fisioterapia em grupo entre janeiro de 2005 a julho de 2011. Método: Para isso, foram contactados via telefone 45 pacientes com média de 59,1 ± 8,17 anos que permaneceram em tratamento por 246 ± 99 dias, sendo que destes 28,9% eram aposentados, 49% hipertensos, 57,7% tinham dificuldade para subir 1 lance de escada e 80% vinham à fisioterapia de ônibus. Resultados: Houve uma melhora de dor estatisticamente significativa para os pacientes atendidos nos anos de 2007 (p= 0,006), 2008 (p= 0,001), 2009 (p= 0,003) e 2010 (p= 0,048). Conclusão: Por meio da análise de determinantes pessoais e físicos podemos concluir que o tratamento fisioterapêutico em grupo pôde atender satisfatoriamente a população levando a uma melhora de 35,82% da média de dor e, consequentemente à satisfação de 95,6% dos pacientes incluídos nesse estudo.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

Mohammadi F, Taghizadeh S, Ghaffarinejad F, Khorrami M, Sobhani S. Proprioception, dynamic balance and maximal quadriceps strength in females with knee osteoarthritis and normal control subjects. Int J Rheum Dis. 2008;11(1):39-44.

Zacaron KAM, Dias JMD, Abreu NS, Dias RC. Nível de atividade física, dor e edema e suas relaçoes com a disfunçao muscular do joelho de idosos com osteoartrite. Rev Bras Fisioter. 2006;10(3):279-84.

Link TM, Steinbach LS, Ghosh S, Ries M, Lu Y, Lane N, et al. Osteoarthritis: MR imaging findings in different stages of disease and correlation with clinical findings. Radiology. 2003;226(2):373-81.

Tsauo JY, Cheng PF, Yang RS. The effects of sensorimotor training on knee proprioception and function for patients with knee osteoarthritis: a preliminary report. Clin Rehabil. 2008;22(5):448-57.

Sanghi D, Srivastava RN, Singh A, Kumari R, Mishra R, Mishra A. The association of anthropometric measures and osteoarthritis knee in non-obese subjects: a cross sectional study. Clinics (Sao Paulo). 2011;66(2):275-9.

An BC, Fang K, Wang Y, Zeng YM, Dai KR. New variables for measuring joint space width to evaluate knee osteoarthritis. Chin Med J (Engl). 2011;124(23):3886-90.

Bennell KL, Hinman RS, Metcalf BR, Buchbinder R, McConnell J, McColl G, et al. Efficacy of physiotherapy management of knee joint osteoarthritis: a randomized, double blind, placebo controlled trial. Ann Rheum Dis. 2005;64(6):906-12.

Sato EI. Guias de medicina ambulatorial e hospitalar da UNIFESP-EPM: Reumatologia. 2 ed. Sao Paulo: Manole; 2010.

Marx FC, Oliveira LM, Bellini CG, Ribeiro MCC. Traduçao e validaçao cultural do questionário algofuncional de Lequesne para osteoartrite de joelhos e quadris para a língua portuguesa. Rev Bras Reumatol. 2006;46(4):253-60.

Feliche JC, Costa LFC, Duarte DG, Chahade WH. Elementos básicos de diagnóstico da osteoartrite. Temas Reumatol Clin. 2002;3(3):68-79.

Oliveira AMI, Peccin MS, Silva KNG, Teixeira LEPP, Trevisani VFM. Impacto dos exercícios na capacidade funcional e dor em pacientes com osteoartrite de joelhos: ensaio clínico randomizado. Rev Bras Reumatol. 2012;52(6):876-82.

Fransen M, McConnell S, Bell M. Exercise for osteoarthritis of the hip or knee. Cochrane Database Syst Rev. 2003;(3):CD004286.

Jinks C, Jordan K, Ong BN, Croft P. A brief screening tool for knee pain in primary care (KNEST). 2. Results from a survey in the general population aged 50 and over. Rheumatology (Oxford). 2004;43(1):55-61.

Corrêa DFG. Nível funcional de pacientes com osteoartrite de joelho com indicador de objetivos terapêuticos [Tese]. Sao Paulo: Universidade Federal de Sao Paulo; 2005.

Roddy E, Zhang W, Doherty M. Aerobic walking or strengthening exercise for osteoarthritis of the knee? A systematic review. Ann Rheum Dis. 2005;64(4):544-8.

Busija L, Bridgett L, Williams SR, Osborne RH, Buchbinder R, March L, et al. Osteoarthritis. Best Pract Res Clin Rheumatol. 2010;24(6):757-68.

Jorgensen KT, Pedersen BV, Nielsen NM, Hansen AV, Jacobsen S, Frisch M. Socio-demographic factors, reproductive history and risk of osteoarthritis in a cohort of 4.6 million Danish women and men. Osteoarthritis Cartilage. 2011;19(10):1176-82

Sachetti A, Vidmar MF, Venâncio G, Tombini DK, Sordi S, Pilla S, et al. Perfil epidemiológico de idosos com osteoartrose. Rev Cienc Med Biol. 2010;10(3):212-15.

Alexandre TS, Cordeiro RC, Ramos LR. Fatores associados à qualidade de vida em idosos com osteoartrite de joelho. Fisioter Pesq. 2008;15(4)327:326-32.

Hortobágyi T, Westerkamp L, Beam S, Moody J, Garry J, Holbert D, et al. Altered hamstring-quadriceps muscle balance in patients with knee osteoarthritis. Clin Biomech (Bristol, Avon). 2005;20(1):97-104.

Gupta S, Hawker GA, Laporte A, Croxford R, Coyte PC. The economic burden of disabling hip and knee osteoarthritis (OA) from the perspective of individuals living with this condition. Rheumatology (Oxford). 2005;44(12):1531-7.

McCarthy CJ, Oldham JA. The effectiveness of exercise in the treatment of osteoarthritic knees: a critical review. Phys Ther Reviews.1999;4(4):241-50.

Lange AK, Vanwanseele B, Fiatarone Singh MA. Strength training for treatment of osteoarthritis of the knee: a systematic review. Arthritis Rheum. 2008;59(10):1488-94.

Downloads

Publicado

2013-09-09

Edição

Seção

Artigo Original

Como Citar

1.
Rodrigues RC, Pontin JCB, Falcon SM, Chamlian TR. Avaliação do perfil, satisfação e efetividade do tratamento fisioterapêutico em grupo nos pacientes com osteoartrite de joelho. Acta Fisiátr. [Internet]. 9º de setembro de 2013 [citado 20º de julho de 2024];20(3):124-8. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/actafisiatrica/article/view/103779