Confiança política e qualidade da democracia: um debate teórico sobre o desempenho institucional

  • Carolini Gabriel da Silva Universidade Federal Fluminense (UFF)

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar se há relação entre a confiança política e a qualidade da democracia a partir do debate teórico dos modelos de desempenho institucional mobilizados pelas literaturas. Para alcançar tal objetivo, conceituamos a confiança política e os elementos que orientam o nível de apoio político expresso pelos cidadãos. Em seguida, nos dedicamos às dimensões específicas da qualidade da democracia a fim de debater o que torna o desempenho de instituições, como o Congresso Nacional e o Poder Judiciário, bom ou ruim. Ensaiamos uma aproximação teórica entre as literaturas, considerando algumas particularidades da experiência brasileira. Supomos que a relação entre a confiança política e a qualidade da democracia repousa na semelhança entre as versões do desempenho institucional que são preferíveis em um regime democrático.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carolini Gabriel da Silva, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Mestranda em Ciência Política pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e graduada em Ciência Política pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Pesquisadora do Laboratório de Estudos Eleitorais, em Comunicação Política e Opinião Pública (DOXA-IESP/UERJ) e do Grupo de Investigação Eleitoral (GIEL/UNIRIO). Possui interesse na área de comportamento político, democracia e instituições políticas.

Publicado
2019-05-07
Como Citar
da Silva, C. (2019). Confiança política e qualidade da democracia: um debate teórico sobre o desempenho institucional. Leviathan (São Paulo), (15), 100-121. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/leviathan/article/view/150293
Seção
Dossiê "Crise na América Latina: entre o passado e o futuro"